-->

Autoridades lamentam morte do arcebispo Dom Moacyr Grechi

18 Junho 2019

Arcebispo de Porto Velho morreu na noite de segunda-feira (18), após duas paradas cardíacas. Marina Silva lembrou luta de Moacyr pela Amazônia. Dom Moacyr Grechi morreu em Porto
Velho na segunda-feiraReprodução/Instagram Políticos, personalidades e instituições lamentaram nesta terça-feira (18) a morte de Dom Moacyr Grechi. O arcebispo emérito de Porto Velho morreu na noite de segunda-feira (17) após sofrer duas paradas cardíacas. O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha (PSL), disse m nota que o arcebispo era uma "pessoa dedicada dia e noite ao amparo dos necessitados, seja qual fosse a raça e condição social". Marcos Rocha também afirma que sempre admirou Dom Moacyr, pois mesmo "tendo sofrido dois graves acidentes automobilísticos aos quais sobreviveu, não parou e, dentro das possibilidades, prosseguiu a sua caminhada". Marina Silva, ex-senadora do Acre e ex-ministra do Meio Ambiente, também prestou homenagem ao arcebispo. Além de Rondônia, Dom Moacyr foi bispo em Rio Branco durante 26 anos. Através de sua conta pessoal no Twitter, Marina afirma que lembra do apoio dado por Moacyr aos seringueiros e também sua luta contra o desmatamento da Amazônia. Initial plugin text Veja, abaixo, as autoridades que já prestaram homenagens ao arcebispo: Confúcio Moura, senador de Rondônia e ex-governador do estado: Initial plugin text Marcos Rogério, senador de Rondônia: Initial plugin text Jorge Viana, prefeito de Rio Branco (AC): Initial plugin text Tião Viana, ex-governador do Acre: Initial plugin text Mailza Gomes, senadora do Acre: Initial plugin text Fátima Cleide, ex-senadora de Rondônia: Initial plugin text Divino Caetano, apresentador: Initial plugin text Yonara Werri, apresentadora: Initial plugin text Veja abaixo a nota do governador Marcos Rocha (PSL) Enviamos aos familiares do arcebispo e ao povo cristão deste estado as nossas condolências, reconhecendo o quanto esse religioso trabalhou para o bem comum e pelo conforto espiritual das pessoas. Dom Moacyr teve papel relevante na Amazônia Ocidental Brasileira, ao trabalhar aqui e no vizinho Acre, onde foi bispo da Diocese Acre-Purus. Pessoa dedicada dia e noite ao amparo dos necessitados, seja qual fosse a raça e condição social, esse anunciador do Evangelho de Cristo ocupou um lugar importante entre nós todos, pelo preparo e, sobretudo, paciência em lidar com diversos problemas que afligem a sociedade. Durante todo tempo em que conviveu com o povo rondoniense, seu lema de trabalho – O último de todos e o servo de todos – sempre demonstrou um homem entusiasmado e perseverante. Mesmo tendo sofrido dois graves acidentes automobilísticos aos quais sobreviveu, não parou e, dentro das possibilidades, prosseguiu a sua caminhada. O Governo de Rondônia é grato ao pastor de almas e ao criador de uma de nossas Faculdades, no que muito contribuiu para a formação de pessoas. Ele fazia isso ao mesmo tempo em que fortalecia os centros sociais de sua Igreja, sempre com o mesmo norte e objetivos da solidariedade cristã. Sua caminhada foi marcada por essa e outras obras que frutificaram bem, trazendo benefício, tranquilidade e paz a todos. Que seja bem recebido por Deus.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree