Sábado, 22 Junho 2019 12:34

Três profissionais do programa Mais Médicos vão reforçar atendimento no interior do AC


Profissionais vão reforçar atendimento da Atenção Primária em Cruzeiro do Sul. Médicos devem se apresentar nas unidades entre os dias 24 e 28 de junho. Programa Mais Médicos
selecionou mais de 1,9 mil profissionais para atuarem em áreas de difíceis acesso do Brasil Reprodução/Pixabay Três profissionais do Programa Mais Médicos vão reforçar o atendimento na Atenção Primária de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Os médicos selecionados devem se apresentar nas unidades entre os dias 24 e 28 de junho para iniciar os trabalhos. Segundo o Ministério da Saúde, um dos profissionais vai ficar em Cruzeiro do Sul e dois vão atender no Distrito Sanitário Especial Indígena do Juruá (DSEis). A secretária de Saúde do município, Juliana Pereira, explicou que, na verdade, Cruzeiro do Sul vai receber quatro profissionais. Um dos médicos vai ficar na zona urbana, outro na zona rural e dois vão para o DSEi Juruá. "Uma vaga é judicial e outra pelo edital. São dois para o município e dois para o DSEi. Não sei como é essa demanda judicial, mas tenho duas vagas em aberto. Acredito que algum médico que entrou na Justiça e ganhou", complementou. Apesar do reforço, a secretária afirmou que gostaria que tivessem mais vagas para o município. Ela diz estar em tratativas, juntamente com a prefeitura da cidade, para conseguir mais profissionais para a região. "Tinham 16 médicos do Mais Médicos, mas, desses, alguns retornaram porque passaram em residência e abandonaram o programa. A escassez de médicos é muito grande na região Norte, principalmente no Vale do Juruá", argumentou. 18º ciclo Ainda segundo o Ministério da Saúde, mais de 1,9 mil profissionais começam a atuar na Atenção Primária em unidades de mais de mil municípios, distribuídos nos 26 estados. Além disso, os profissionais selecionados vão ajudar ainda em dez DSEis. Serão contemplados moradores de regiões de difícil acesso, como ribeirinhas e indígenas, que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). O Ministério da Saúde destacou ainda que os profissionais destinados para locais foram selecionados na 1ª fase do 18º ciclo do programa. Eles são formados e habilitados com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do Brasil. A seleção levou em consideração ainda critérios como títulos de especialista e/ou residência médica em medicina da família e comunidade. Desistências O Ministério da Saúde confirmou, no início do mês de abril, que cinco profissionais desistiram do programa Mais Médicos nos primeiros três meses do ano no Acre. O número representa 5% das vagas deixadas no estado com a saída dos médicos cubanos do programa em novembro de 2018. Conforme a Saúde, as desistências ocorreram nas cidades de Assis Brasil, Bujari, Cruzeiro do Sul, Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus, no interior do estado, sendo que em cada cidade um profissional deixou o programa. No Acre, as 104 vagas deixadas pelos cubanos no programa foram distribuídas em 20 municípios e dois distritos indígenas. Segundo o Ministério da Saúde, o salário é de R$ 11.800.
Ler 21 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.