-->

Servidor do Detran-AC é preso suspeito de cobrar R$ 1,5 mil para liberar veículo de pátio do órgão

04 Julho 2019

Polícia civil disse que servidor foi indiciado por corrupção passiva ao ter solicitado vantagem para liberar veículo. Detran-AC informou que órgão abriu procedimento administrativo para apurar o caso. Servidor
do Detran é preso suspeito de extorsão em Rio Branco Alcinete Gadelha/G1 Um servidor do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran-AC) foi preso em flagrante, na tarde de quarta-feira (3), suspeito de tentativa de extorsão a um homem que teve o veículo apreendido. De acordo com o diretor de Operações do Detran-AC, Isaías Brito, chegou ao conhecimento do órgão que a possível vítima teria ido ao pátio do órgão para tentar retirar o veículo apreendido e o servidor teria cobrado a quantia de R$ 1,5 mil para fazer a liberação do veículo e ainda recebeu R$ 700 que foi apreendido pela polícia. Após a cobrança do valor, a vítima procurou o Detran para denunciar que estava sendo extorquida por um servidor e, logo depois, procurou a delegacia para fazer o registro da ocorrência. "Qualquer crime, qualquer denúncia que tivermos conhecimento, nós vamos apurar para que sejam tomados todos os procedimentos conforme a lei. A gestão não compactua com nenhum tipo de corrupção no Detran-AC", afirmou Brito. O delegado Odilon Neto, da Delegacia de Combate à Corrupção e aos Crimes contra a Ordem Tributária e Financeira (Decor), disse que o servidor foi indiciado por corrupção passiva ao ter solicitado vantagem para a liberação de um veículo. A pena, de acordo com o delegado, é de dois a 12 anos de prisão. "Ele negou a prática do delito, mas foi indiciado por corrupção passiva. O nome não vai ser divulgado por causa da investigação. Queremos investigar, com o apoio do Detran-AC, se existem outros servidores que fazem essa prática, não só nesse setor, mas em outros", disse o delegado. O diretor de Operações do Detran-AC informou que o servidor faz parte do quadro temporário do órgão, pois foi contratado por concurso temporário. O gestor disse ainda que um procedimento administrativo já foi instaurado e ele pode ser excluído do quadro de servidores. Retirada de veículos O diretor de Operações do Detran, Isaísas Brito, esclareceu que não é cobrada nenhuma taxa para retirada de veículos do pátio do órgão. "O usuário que teve seu veículo apreendido procura nosso Setor de Veículos Removidos, com o documento do veículo e documento pessoal, e lá vai ser aberto o serviço para ver o que está em aberto, se é documento, se têm multas. O que é cobrada é a estadia, o guincho, a taxa de vistoria, ou seja, todo o débito do veículo é impresso via boleto e você paga no banco", explica. Brito acrescentou que somente após o documento ser pago, é dada baixa do pagamento no sistema. Após isso, o proprietário deve retornar ao setor e receber a guia de liberação do veículo.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree