-->

Drones vão ser usados para reforçar equipes de segurança durante a Expoacre

23 Julho 2019

Delegacia de Flagrantes vai funcionar 24 horas no local. Apenas no primeiro dia, quando ocorre a cavalgada, 371 policiais vão fazer a segurança da festa e no parque de
exposições. Segurança anunciou como vai funcionar o policiamento durante a ExpoacreAlcinete Gadelha/G1 A Expoacre 2019, que ocorre de 27 de julho a 4 de agosto no Parque de Exposições Wildy Viana, em Rio Branco, vai contar com a atuação de pelo menos 210 policiais militares durante a cavalgada, abertura do evento. Nos dias de shows vão ser 181 homens e 161 nos demais dias. O esquema de segurança foi anunciado por representantes do Sistema de Segurança Pública (Sejusp) em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (23), que apresentaram como novidade o sistema de vídeomonitoramento fixo e com auxílio de drones durante o evento. "Isso vai dar maior amplitude e apoiará o efetivo da PM no policiamento ostensivo naquela praça. Vamos ter uma central de monitoramento in loco, no parque, diuturnamente, desde à sexta [26] até o término das atividades administrativas do parque e também vai ser replicado no Ciosp, caso haja a necessidade de um aporte maior", disse o secretário de Segurança, Paulo Cézar Santos. Os policiais vão atuar tanto na área interna quanto externa do parque. Na cavalgada, vão estar disponíveis ainda 14 viaturas, nove motocicletas e um trailer. "Nos dias de shows, como na abertura, o efetivo vai estar mais forte. Tanto no âmbito da feira, no perímetro externo e também no restante da cidade. A gente faz um esforço muito grande, os policiais vêm das suas folgas", pontuou o comandante da PM, coronel Ezequiel Bino. Além disso, o comandante informou que os alunos soldados vão atuar dentro do parque para reforçar o efetivo. Delegacia de Flagrantes A Polícia Civil vai atuar auxiliando no patrulhamento ostensivo. Além disso, vai ser montada uma delegacia de flagrantes, que vai funcionar 24 horas para atender as ocorrências. As obras de reforma estão sendo concluídas e, de acordo com o delegado Marcus Cabral, representante da direção-geral da Polícia Civil, crimes de menor potencial ofensivo vão ser atendidos no local. "Iremos atender todas as demandas ocorridas no interior do parque de exposições de crimes de menor potencial ofensivo. Crimes como roubos ou furtos vão ser encaminhados à delegacia para lavratura do procedimento", disse o delegado. Cabral falou ainda que vão ser encaminhados o número de agentes necessários para atender as demandas e oferecer apoio ao trabalho preventivo feito dentro do parque. Corpo de Bombeiros O Corpo de Bombeiros vai atuar com 25 homens diariamente durante as nove noites. Além disso, vai estar à disposição uma viatura de combate a incêndios e também vão estar presentes durante 24 horas. O comandante da corporação, coronel Carlos Batista, informou que o trabalho já começou na última semana com vistorias e fiscalização. "Fizemos reuniões com empresários de empreendimentos. Os bombeiros vão dar prioridade para fiscalizações em bares, restaurantes, parque de diversões e passar o devido atestado de regularidade da legislação estadual", pontuou o coronel.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree