Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Quinta, 25 Julho 2019 20:12

Roubo de celulares aumentou em mais de 72% no primeiro semestre de 2019 em Rio Branco


Apenas este ano, foram registradas mais de 1,9 mil ocorrências de roubo de celulares na capital acreana. Principal causa dos roubos é o uso de celular nas ruas,
diz políciaReprodução É muito comum encontrar na rua alguém distraído mexendo no celular. Mas, esse tipo de comportamento tem deixado as pessoas mais vulneráveis para ações de bandidos. O número de roubo de celulares aumentou 72% no período de um ano em Rio Branco, segundo dados da Polícia Civil. Entre janeiro e junho do ano passado foram 1.112 boletins de ocorrências. O número aumentou para 1.918 no mesmo período deste ano. A falta de cuidado no manuseio do aparelho é um atrativo para os criminosos. A desempregada Marinete Nascimento costuma tomar alguns cuidados para não ter o celular roubado. “Só atender em casos de emergência. Atendo, escondo na bolsa e coloco a bolsa na frente porque se colocar pra trás o cara leva”, diz. Dalila Gomes conta que também só atende o celular em casos de urgência, quando está na rua. “Quando é preciso sim. Uso meu celular só para me comunicar com meus filhos para dizer onde estou”, afirmou. Rio Branco registrou mais de 1,9 mil roubos de celulares este ano A auxiliar de saúde bucal Rosivânia Morais usa muito o celular na rua e justifica que é por necessidade. “Como trabalho no celular, ficou todo tempo falando com os clientes, pacientes pelo celular”, afirma. A diarista Julliana de Freitas se arrisca mesmo já tendo sido assaltada na rua. “Se estiver na rua e me ligarem atendo. Não tenho essa questão ‘estou na rua e não vou atender’. Tenho medo sim, mas atendo. Já aconteceu de estar no bolso e a pessoa levar, fui procurar e não tinha mais” lamentou. Registros Os boletins de ocorrências para esse tipo de ação criminosa cresceram consideravelmente, se compararmos com os dados da Polícia Civil do primeiro semestre de 2018 e 2019. Segundo a Polícia Militar do Acre (PM-AC), a distração é a principal causa para roubos de celulares. De acordo com o major Kleison Albuquerque, o ideial é que as pessoas não usem o aparelho na rua, nos pontos de ônibus e até mesmo no Terminal Urbano, por exemplo. É preciso adotar alguns cuidados. “Desembarcou no Terminal, não sai com o celular na mão. Ou, quando for embarcar, não vá com o celular na mão, guarde em local seguro. Às vezes, no tumulto, o ladrão puxa o aparelho e vai embora, não consegue nem identificar. Não guarde na mochila e coloque nas costas, coloque na frente, ou então, guarde no bolso o aparelho. Tiver em ponto de ônibus, só use se for seguro, se tiver sozinho não utiliza, aguarde o melhor momento para atender”, frisou. Outra recomendação é quanto à compra de celulares em grupos de venda na internet. Segundo o major, as pessoas devem evitar esse tipo de ação, já que alguns desses aparelhos podem ser roubados. Ele também explica sobre a importância das vítimas procurarem a delegacia, já que as ações da polícia são direcionadas aos bairros com maiores ocorrências. “Quando não se faz o registro da ocorrência, o que é muito comum, as pessoas vão reclamar. Quando se vai pegar os registros não tem nada, a rua é a mais calma da cidade. Aí, a gente pergunta se a pessoa que foi assaltada se registrou a ocorrência, diz que não”, advertiu.
Ler 16 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.