-->

Participantes aprovam volta de comitivas na Cavalgada: ‘Diversão garantida’

27 Julho 2019

Cavalgada faz parte dos eventos que abrem oficialmente a Expoacre 2019, que ocorre de 27 de julho até 4 de agosto, em Rio Branco. Três comitivas participam da
Cavalgada Aline Nascimento/G1 Os participantes da Cavalgada 2019 estão comemorando a volta das comitivas. Essa é a 46ª edição do evento, que ocorre todos os anos como abertura da Expoacre. A organização e a Polícia Militar não divulgaram um número oficial de pessoas, mas milhares caminharam pelas ruas de Rio Branco. A Cavalgada ocorreu neste sábado (27), em Rio Branco, e teve início por volta das 9h30. A abertura oficial aconteceu antes da Cavalgada, no Parque de Exposições Wildy Viana. A feira ocorre de 27 de julho até 4 de agosto com uma vasta programação. No total, três comitivas se inscreveram, 100 quadriciclos e mais de 150 cavalos participam. Pelo menos 200 policiais fizeram o policiamento. Amigas participaram da Cavalgada e aprovaram volta das comitivas Aline Nascimento/G1 Marilene Ferreira de Melo falou que todos os anos participa, mas, desde que a participação das comitivas foi suspensa, ela tinha parado de ir. “Foi maravilhosa a volta das comitivas. Vim com minhas quatro amigas, há dois anos eu tinha parado porque sem comitivas não dá, agora a diversão é garantida”, disse. A opinião de Catarina Pereira é a mesma da Marilene. Ela, que costuma participar todos os anos, fez questão de ir em comitiva. “Está muito aqui legal, ainda não é igual como antigamente, mas, pelo menos, as comitivas voltaram. Sem comitivas não tem diversão para o povo. É a melhor coisa”, afirmou. Participantes aprovam volta das comitivas na Cavalgada 2019 Grupos comemoram Dia do Motociclista Grupos de motociclistas aproveitaram a Cavalgada 2019 para comemorar o Dia do Motociclista. Paralelo às músicas sertanejas típicas do evento, a galera optou por montar uma tenda, tocar bastante rock e se reunir. Mauro Rony, de 52 anos, mais conhecido por Aranha, conta que essa é uma oportunidade de reunir os grupos para confraternizar Aline Nascimento/G1 Mauro Rony, de 52 anos, mais conhecido por Aranha, contou que essa é uma oportunidade de reunir os grupos para confraternizar. “É uma oportunidade que o Motoclube Abrutes teve de se reunir. Quando conseguimos, a gente sempre se encontra. Anualmente nos reunimos e hoje estamos aqui. Sou motociclista de coração, desde que me entendo por gente, então, queremos mostrar a nossa arte para todos”, falou. Essa é a 46ª edição da Cavalgada Aline Nascimento/G1
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree