-->

Projeto leva atendimento odontológico a mais de 2,5 mil alunos de escolas no AC

10 Agosto 2019

Atendimentos agora são levados para a zona rural de Cruzeiro do Sul. Alunos também recebem palestras e dicas sobre a saúde bucal. Projeto leva atendimento odontológico a mais
de 2,5 mil alunos de escolas no interior do ACReprodução/Rede Amazônica Acre Um projeto, que já atendeu mais de 2,5 mil anos de escolas públicas em Cruzeiro do Sul com atendimentos odontológicos, agora vai também vai atender crianças da rede pública na zona rural do município. Com palestras, a equipe da saúde bucal do programa “Saúde na Escola” procura orientar os alunos quanto a importância de cuidar dos dentes. Em seguida, é feita uma triagem pra saber quais alunos precisam de atendimento. A ação é da Secretaria de Educação e conta com dois consultórios odontológicos instalados em unidades escolares para fazer todo o tratamento. “Nós passamos nas escolas fazendo palestras e observamos alunos que têm necessidade do tratamento e as escolas encaminham para os consultórios e são feitos agendamentos prévios. A gente é acionado e convida o aluno a fazer o tratamento aqui nos nossos consultórios”, explica o coordenador do programa, Natan Gomes. Um trabalho desenvolvido há muito tempo que agora também vai chegar a comunidades ainda mais necessitadas do serviço. “Agora estamos colocando o programa pra funcionar totalmente em todas as escolas e o destaque agora é que estamos levando para escolas de zona rural com atendimento mais simplificado, mas que se estendem a esses alunos”, explica coordenadora no Núcleo de Educação em Cruzeiro do Sul, Ruth Bernardino. Com o equipamento portátil, boa parte dos serviços oferecidos na cidade podem ser levados aos alunos das escolas rurais. A dona de casa Suiane Silva disse que sem a presença de dentistas na comunidade, há muito tempo os filhos não iam até o profissional. “Ajuda na limpeza dos dentes dos filhos, então é muito bom, porque é difícil ter aqui”, diz. Segundo Derbeni Barros, diretora da escola José de Alencar, na BR-364, o problema de dor dente em sala de aula é algo bem presente e chega, inclusive, a atrapalhar o rendimento de alguns alunos. “É uma demanda grande que nós temos aqui. As crianças sofrem dor de dente e muitas vezes saem da sua sala de aula chorando com dor de dente, então isso pra gente é de grande importância”, esclarece. O dentista Aleilson Almeida conta que, durante a ação, é feito também um trabalho educacional para estimular os hábitos de escovação. Garante ainda que, mesmo o consultório sendo improvisado, os serviços ocorrem normalmente. “A gente consegue viabilizar esse atendimento para essas pessoas que não têm tanta facilidade de acesso à saúde odontológica, aos procedimentos odontológicos em si. E a gente vai desenvolver este trabalho em mais escolas e concluir os tratamentos dessas crianças que não têm essa oportunidade”, finaliza. ‘Saúde na escola’ levou atendimento odontológico a estudantes da rede pública
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree