-->

Expoacre supera meta e movimenta mais de R$ 74 milhões em negócios

12 Agosto 2019

Governo diz que evento foi sucesso e superou a meta de faturar R$ 50 milhões. Balanço foi feito nesta segunda-feira (12). Expoacre 2019 movimentou mais de R$ 74
milhões, segundo governo Alcinete Gadelha/G1 A Expoacre 2019, principal feira de agronegócios do estado, que ocorreu de 27 de julho a 4 de agosto, movimentou R$ 74.388,95 milhões em volume de negócios nos mais diversos setores econômicos. O faturamento foi menor que o do ano passado, que teve apenas quatro noites de festa, quando foram movimentados R$ 99 milhões. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (12) em coletiva de imprensa com o Governo do Estado, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e os demais parceiros. A coordenadora da feira, secretária Eliane Sinhasique, disse que esse valor corresponde apenas ao que está consolidado, ou seja, negócios e vendas fechados durante a feira. E não está no balanço R$ 20 milhões do setor madeireiro, que devem ser fechados nos próximos dias. "A expectativa do governador era que a gente movimentasse 50 milhões. Então, superou as nossas expectativas e são números que foram movimentados durante as nove noites de feira", pontuou a secretária. Os negócios incluem a venda de imóveis, comercialização de bares e restaurantes, shows, comércio, serviços, venda de veículos, movimentações bancárias, setor do agronegócio e indústria moveleira. O governador Gladson Cameli diz que ainda existe uma porta aberta para ampliar o número de negócios no estado, fruto da Expoacre. "Saímos com a meta alcançada em mais da metade, tendo em vista que estamos num ano de crise financeira. Mas, pra mim, o principal foi ver o semblante de esperança das pessoas. Essa é a grande vitória. Não é a questão do valor financeiro, mas o sentimento das pessoas. E temos uma grande porta aberta ainda para fechar negócios", disse. Destaque da indústria O vice-presidente da organização da Expoacre, Lauro Santos, disse que a feira foi além das expectativas e foi fundamental para movimentar a economia do estado. "Um evento importante para a economia do Acre. É uma maneira do povo acreditar na nossa economia. O setor da indústria dobrou o faturamento. Fazer a feria em nove dias foi acertado. Dois finais de semana, maior movimentação de pessoas vindas do interior do estado", pontuou. De acordo com o balanço, a indústria movimentou mais de R$ 13 milhões durante a feira. Além disso, Santos disse que os pequenos negócios também tiveram um crescimento importante. "Em alguns setores foi acima do esperado. A parte da indústria foi fantástica. Uma empresa do setor imobiliário cadastrou mais de 5 mil pessoas, ou seja, os 74 milhões que teve de movimentação, ao longo do período da Expoacre, vai render muitos outros bons negócios", conclui.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree