-->

Homem que tentou matar ex a facadas por ciúmes pega mais de 15 anos de prisão no Acre

23 Agosto 2019

Homem foi condenado por tentativa de feminicídio e não pode recorrer em liberdade. Justiça acreana condenou homem a mais de 15 anos por tentar matar ex-mulher por ciúmes Divulgação/TJ-AC A
Justiça do Acre condenou Kennedy Almeida de Paula a mais de 15 anos de prisão por tentativa de feminicídio. Ele tentou matar a ex-mulher a facadas, em outubro de 2018, em Rio Branco, por não aceitar o fim do relacionamento. O julgamento de Paula ocorreu nesta quinta-feira (22) na 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco e Auditoria Militar. O acusado não pode recorrer do resultado em liberdade. O G1 tentou contato com o advogado do acusado, citado no processo, mas não obteve sucesso até esta publicação. Sentença Na decisão, o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) destacou que o casal ficou junto por mais de oito anos e estava separado recentemente. O acusado confessou, em depoimento, que tentou matar a ex-companheira depois de receber uma ligação anônima falando que ele tinha sido traído quando estava em viagem para o Amazonas. Com ciúmes, o acusado foi até a casa da vítima e desferiu cerca de oito golpes de faca nela. O crime teria sido praticado na frente de um dos filhos do ex-casal. A vítima relatou que ficou um longo tempo internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi operada devido às lesões. Os jurados decidiram inserir duas qualificadoras na sentença de Paula: motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, já que a mulher estava sentada, desarmada e não esperava as agressões. A Justiça afirmou ainda que a situação causou traumas nos filhos do ex-casal.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree