Segunda, 30 Dezembro 2019 13:02

2019: o ano em que Maceió intensificou as obras de infraestrutura

Foi só a quadra chuvosa passar que o município de Maceió mudou de cara rapidinho e fez do ano de 2019 um marco na renovação da infraestrutura da cidade. As
obras ganharam força com a chegada do Programa Nova Maceió, iniciado em agosto desse ano pela Prefeitura, com ações coordenadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura...
Dentro das ações da Nova Maceió, a Av.Empresario Carlos da Silva Nogueira está sendo recapeada
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Foi só a quadra chuvosa passar que o município de Maceió mudou de cara rapidinho e fez do ano de 2019 um marco na renovação da infraestrutura da cidade. As obras ganharam força com a chegada do Programa Nova Maceió, iniciado em agosto desse ano pela Prefeitura, com ações coordenadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra).

No total, os investimentos são de aproximadamente R$ 20 milhões em obras de recapeamento, pavimentação, construção de redes de drenagem e de esgotamento sanitário, iluminação, sinalização, meio-fio e linha d’água, que têm melhorado a mobilidade urbana e trazido mais beleza para o município. Os recursos foram aplicados a partir do final do primeiro semestre deste ano, até o mês de novembro.

A lista de localidades beneficiadas pelo Programa Nova Maceió é extensa e beneficia bairros de todas as regiões da cidade . “A Seminfra tem passado por áreas consideradas nobres, pelas mais populosas e, principalmente, por aquelas onde a cidade está em expansão, como é o caso do bairro Cidade Universitária”, explicou o secretário de Infraestrutura, Mac Lira.

Bairros como Prado, Trapiche, Centro, Cruz das Almas, Benedito Bentes, Ouro Preto, Gruta de Lourdes, Serraria, Cidade Universitária, Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca, Mangabeiras, Village Campestre, Tabuleiro do Martins e Antares já receberam ações de infraestrutura. “Maceió estava precisando desse cuidado. Estamos passando por vias importantes e que há muito tempo não tinha o asfalto renovado ou ainda estava no barro”, explicou Mac.

É o caso do Centro de Maceió, que nos últimos 10 anos só recebia tapa-buraco e a partir do mês de setembro começou o recapeamento no Beco São José e nas Ruas Barão de Anadia, Domingos Moeda, João Pessoa, Moreira e Silva, Moreira Lima, Augusta, Cincinato Pinto e Barão de Penedo.

Em Cruz das Almas foram recapeadas as Ruas Dois, Doutor Lauro Machado Costa, Maria Antonieta Teixeira Leite, João Ulisses Moreira, Marechal Mascarenhas de Moraes, Rodolfo Abreu e João Canuto da Silva, além da Avenida Roberto Mascarenhas de Brito e a Travessa Mascarenhas de Moraes. Todas importantes para o tráfego do transporte coletivo e veículos particulares.

No Conjunto Village Campestre a intervenção da Seminfra com nova pavimentação beneficia 25 ruas. Na Cidade Universitária já foi entregue a primeira grande obra do Programa Nova Maceió, com investimentos de R$ 3 milhões. “A Avenida Moura Rocha, que dá acesso ao Residencial Maceió I, onde moram 3900 famílias é um feito relevante e que merece destaque”, enfatizou Mac Lira.

Mais moradia

Responsável pela Política Habitacional de Maceió, a Seminfra também apresenta resultados positivos no que diz respeito à moradia. A pasta concluiu a construção de dois residenciais, que estão prontos para serem entregues: Vale do Parnaíba, no bairro Rio Novo e Vale Bentes I, localizado no Benedito Bentes, com 240 e 500 unidades, respectivamente.

Os conjuntos são destinados à população considerada de baixa renda e foram estruturados com apartamentos dotados de dois quartos, sala, cozinha, banheiro e áreas para uso coletivo como playground, quadra poliesportiva e centro comunitário.

O que vem por aí?

Para 2020, a expectativa é de mais investimentos em infraestrutura. Com a liberação dos recursos da ordem de U$ 70 milhões de dólares, por meio do convênio com a Corporação Andina de Fomento (CAF), Maceió vai avançar ainda mais em obras de revitalização urbana.

A previsão é que os bairros Cidade Universitária, Clima Bom, Santa Lúcia, Tabuleiro do Martins e no Litoral Norte: Garça Torta, Ipioca e Riacho doce comecem a ser totalmente pavimentados, com redes para coleta e tratamento de esgotos líquidos e de drenagem de águas pluviais.

“Será entregue mais uma via importante para expansão de Maceió, que é a Avenida Humberto Gomes de Barros para ligar o Graciliano Ramos ao Benedito Bentes”, enfatizou Mac. Somente para esta obra, com extensão de 4,2 km, o investimento é de R$ 7 milhões.

Nova Maceió

Por parte da Infraestrutura, o Programa Nova Maceió chegou para investir R$ 420 milhões em mais de 400 ruas da capital. Serão mais de 400 mil metros quadrados de pavimentação, mais de 40 mil metros de rede de drenagem pluvial e mais de 100 mil metros de rede coletora de esgoto. Os recursos são oriundos da Corporação Andina de Fomento (CAF), Banco do Brasil, Codevasf, Governo Federal e verbas da própria Prefeitura de Maceió.

Ler 5 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.