-->

Sistema prisional de Alagoas tem 19 servidores com covid e um óbito

19 Mai 2020

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa, nesta terça-feira (19), que há 19 casos confirmados de Covid-19 entre servidores penitenciários e um óbito. Não há registro, porém, entre os

reeducandos. São 148 os casos suspeitos de Covid-19 e 57 os descartados. Ao todo, três policiais penais já se recuperaram da doença. O levantamento será divulgado semanalmente.

A Seris já reforçou a assistência à saúde de servidores e reeducandos, atuando de forma a evitar a proliferação do vírus.

Os policiais penais, por sua vez, também foram orientados sobre procedimentos como a escolta de presos que retornam de atendimento médico e seguem direto para o hospital de campanha montado no Presídio Feminino Santa Luzia, onde o custodiado com suspeita de Covid-19 permanece por 30 dias, conforme protocolo de isolamento. Todos receberam um guia contendo instruções sobre o que fazer antes, durante e após o serviço, bem como no retorno ao lar.

Preocupada em preservar a saúde não apenas da população privada de liberdade e dos servidores, mas também de todos aqueles que acessam o sistema prisional, a Seris também suspendeu as visitas e entrega de alimentos pelos familiares dos reeducandos e iniciou, ainda, a confecção de máscaras - já são mais de 40 mil unidades confeccionadas em apenas dois meses - e aventais, estes doados ao Hospital da Mulher, referência no atendimento a pacientes diagnosticados com a doença.

Outra medida foi a retomada da fabricação - pelos reeducandos da oficina de saneantes - de vários produtos de higiene, como desinfetante, cloro e sabão em barra, com a Gerência de Educação, Produção e Laborterapia (GEPL) abastecendo todas as unidades prisionais.

Some-se a isso o trabalho de desinfecção feito por empresa especializada, a distribuição regular de equipamentos de proteção individual (EPIs) e álcool 70%, além do serviço prestado pela equipe psicossocial da Gerência de Saúde – que vem assistindo os reeducandos e seus familiares durante a suspensão das visitas e, com isso, minimizando os efeitos do indispensável isolamento social.

A mesma Gerência de Saúde elaborou, ainda, um plano especial de enfrentamento à Covid-19. Em caso de suspeita de contaminação pelo vírus, o servidor é submetido ao teste e, havendo a confirmação, afastado de suas funções para cumprir o isolamento. Já na hipótese de evolução dos sintomas, o servidor é prontamente encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da capital.

Gerente de Saúde, a tenente PM Jackeline Leandro reforça a importância da prevenção. “Nossa equipe é formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros profissionais abnegados. Ela [equipe] também está imbuída do propósito de vencer a pandemia. Nesse sentido, fizemos uma ampla campanha de conscientização cujo foco é a limpeza dos ambientes, o uso obrigatório da máscara e a correta higienização das mãos”, destaca a gerente.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree