-->

Clube árabe pede rebaixamento do Cruzeiro à Série C por conta de dívida

04 Agosto 2020
Após perder seis pontos no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro agora corre o risco de ser rebaixado à Série C do Brasileirão. Isso porque o Al Wahda, dos Emirados Árabes, pediu
à Fifa a execução do pagamento dos R$ 5,3 milhões que tem a receber do clube mineiro referente ao empréstimo do volante Denilson. A situação...
Igor Sales / Cruzeiro EC

Igor Sales / Cruzeiro EC

Após perder seis pontos no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro agora corre o risco de ser rebaixado à Série C do Brasileirão. Isso porque o Al Wahda, dos Emirados Árabes, pediu à Fifa a execução do pagamento dos R$ 5,3 milhões que tem a receber do clube mineiro referente ao empréstimo do volante Denilson.

A situação foi apresentada pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues nesta segunda-feira, durante uma assembleia com os seus conselheiros, transmitida ao vivo pelos canais oficiais da Raposa. A reunião, inclusive, era destinada para votar a alienação de um imóvel do clube, que foi aprovada por unanimidade.

Segundo o mandatário, o pedido do clube árabe foi feito há duas semanas, mas ele ainda aguarda uma notificação da Fifa.

“Temos o problema do Al Wahda, que já causou a perda de seis pontos do Brasileiro. Eles estão pedindo agora a execução do não pagamento, até hoje, destes seis pontos perdidos, que podem acarretar no rebaixamento à Série C. A única punição que pode ter isso, mas nem posso pedir a explicação da gravidade. Nosso grande objetivo é não fazer loucura, não ter que fazer correria se a gente receber essa carta que pode causar a pior punição e daí o motivo de estarmos reunidos aqui hoje”, disse na live.

Em tese, o Cruzeiro deveria ter pago o Al Wahda até o dia 19 de maio, mas não conseguiu. A Raposa até tentou negociar com o time do exterior, porém não houve acordo.

Além desta dívida, a diretoria celeste também corre contra o tempo para quitar o valor referente ao empréstimo de Pedro Rocha. O clube tem até a quinta-feira para pagar R$ 2,3 milhões ao Spartak Moscou.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree