-->

Os escândalos que fizeram ex-rei da Espanha deixar país que reinou por quase 40 anos

04 Agosto 2020
A trajetória de Juan Carlos 1º, rei da Espanha de 1975 a 2014, teve uma nova reviravolta na segunda-feira (03/08) após a divulgação de uma carta escrita por ele a
seu filho, o rei Felipe 6º, em que comunica sua “decisão pensada” de abandonar o país. “Faz um ano que expressei minha vontade e desejo...
Autoridades fiscais da Suíça e da Espanha investigam o rei emérito Juan Carlos 1º – R7

A trajetória de Juan Carlos 1º, rei da Espanha de 1975 a 2014, teve uma nova reviravolta na segunda-feira (03/08) após a divulgação de uma carta escrita por ele a seu filho, o rei Felipe 6º, em que comunica sua “decisão pensada” de abandonar o país.

“Faz um ano que expressei minha vontade e desejo de deixar de desenvolver atividades institucionais. Agora, guiado pelo convencimento de prestar o melhor serviço aos espanhóis, a suas instituições e a ti como rei, te comunico minha pensada decisão de me mudar neste momento para fora da Espanha”, escreve ele na carta.

“Fui rei da Espanha durante quase 40 anos e durante todos eles eu sempre quis o melhor para a Espanha e para a Coroa.”

Não há informações ainda sobre o destino final do rei emérito nem sobre o momento de sua partida. Alguns veículos de imprensa da Espanha afirmam que o ex-chefe de Estado já não se encontra mais no país.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree