-->

Projeto da Ufal e Movimentos Sociais realizam ações de comunicação comunitária no combate à Covid-19

05 Agosto 2020
O Projeto de Extensão “Bureau de Comunicação Comunitária on-line no combate à Covid-19”, vinculado à Agência Experimental de Relações Públicas (AGERP) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), está desenvolvendo ações
de comunicação com comunidades periféricas do estado de Alagoas sobre a prevenção e ações solidárias em relação ao novo Coronavírus (Covid-19). A ação tem a...
Confira programação – Ascom

O Projeto de Extensão “Bureau de Comunicação Comunitária on-line no combate à Covid-19”, vinculado à Agência Experimental de Relações Públicas (AGERP) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), está desenvolvendo ações de comunicação com comunidades periféricas do estado de Alagoas sobre a prevenção e ações solidárias em relação ao novo Coronavírus (Covid-19). A ação tem a participação de professores, alunos, comunidades e entidades alagoanas.

Classificado em quarto lugar com nota 9,8 no edital do Programa Extensão Universitária no Combate ao Coronavírus (Covid-19), promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Ufal, o projeto trabalha com a criação de materiais informativos sobre as entidades parcerias e a midiatização de todo esse material nas mídias, tendo como ferramenta principal a rede social Instagram com o perfil Bureau de Comunicação (@bureaucomunitario) para divulgação e registro das atividades produzidas. É trabalhada também a Memória como forma de voz e reconhecimento tanto dos movimentos quanto do projeto de extensão.

O projeto é dividido em 5 eixos para melhor dinamizar o trabalho. O Eixo 1 é caracterizado pela Zona Sul, na atuação do Movimento dos Povos das Lagoas; o Eixo 2 por Quilombolas e Indígenas, do Quilombo Lunga e Projeto Magia da Terra; o Eixo 3 por Cultura e Arte, com a Escola Técnica de Artes (ETA) e Fórum de Teatro de Maceió (FTM); o Eixo 4 com a Parte Alta de Maceió, pelo Moradia Terreiro, e o Eixo 5 com a parte Institucional e as Comunidades.

O Bureau é coordenado pela professora de Relações Públicas da Ufal, Manuela Callou, com coordenação adjunta da produtora cultural Keka Rabelo e conta com a participação dos bolsistas de Relações Públicas Pei Shung Fon, Micaella Araújo, Sérvio Diniz, das voluntárias de Relações Públicas Alane Moraes e Jullia Barreto e dos voluntários de Jornalismo Jamerson Soares e Paulo Canuto. Também participam os professores de Relações Públicas Mac Dawison Buarque e Lorenna Karolly, além da professora de serviço social, Elaine Fernandes, da professora de medicina, Ângela Canuto, e das assistentes sociais, Manuella Aragão e Lucyana Leão.

Programação

E se tem diversidade na formação dos eixos, a programação também não fica atrás. Serão lives e rodas de conversas, com debates sobre assuntos de interesse geral e que trabalhem a diversidade, seja em tempos pandêmicos como o que vivemos, como também através de debates que podem, e devem, se estender por toda a vida.

A programação já terá início neste dia 05/08 indo até o dia 04/09 com o “Conversa de Bureau: Movimentos Sociais na Pandemia” – serão lives e rodas de conversas com convidados especiais para debates ricos em conteúdos. As lives irão acontecer no Instagram do projeto Bureau de Comunicação Comunitária através do link (https://www.instagram.com/bureaucomunitario/) e as rodas de conversa serão transmitidas pelo canal da Pró-reitoria de Graduação da Ufal (Prograd) no Youtube.

Serão duas lives por dia, todas as quartas-feiras de 05/08 a 02/09, às 15h e 16h20, pelo Instagram e serão abertas para toda a comunidade; já as Rodas de Conversa: acontecem todas as sextas-feiras de 07/08 a 04/09, às 15h, pelo canal do Bureau e da Prograd no Youtube. As inscrições e certificados serão liberadas na bio do instagram do Bureau de Comunicação no link (https://www.instagram.com/bureaucomunitario/)  de acordo com a programação, e os certificados de participação serão liberados ao final das transmissões através de um link. É preciso estar presente até o final para adquirir o certificado.

Tem como parceiros a Agência Experimental de Relações Públicas (Agerp-Ufal), Movimento dos Povos das Lagoas, Escola Técnica de Artes da Ufal, Fórum de Teatro de Maceió, Quilômbo Lunga, Projeto Magia da Terra – Xucuru-Kariri Mata da Cafurna e Moradia com Abassà de Angola Oya Igbale – Casa de Resistência.

Texto de Pei Shung Fon, bolsista de relações públicas, e Paulo Canuto, voluntário de jornalismo, do Projeto Buerau Comunicação Comunitária on-line no Combate à Covid-19-AGERP-UFAL, coordenado pela professora Manuela Callou e Keka Rabelo como coordenadora adjunta, da Universidade Federal de Alagoas e GT de Comunicação do Movimento Povos das Lagoas.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree