Imprimir esta página
-->

Ibama apreende 5 toneladas de peixes, tartarugas vivas e outros animais em barcos na costa do AP

06 Dezembro 2019

Flagrantes ocorreram durante a Operação Mareados 3. Material foi entregue nesta sexta (6). Ibama apreende 5 toneladas de peixes, maioria com pesca proibida em rios da costa do Amapá
Ângelo Fernandes/Rede Amazônica A Operação Mareados 3, deflagrada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), apreendeu 5 toneladas de tambaqui, matrinxã, filhote, dourada, surubim, aracu, pirapitinga, pacu, acari e tamuatá. Algumas dessas espécies estão, desde o dia 15 de novembro, com a pesca proibida no Amapá. Além dos peixes, a equipe também apreendeu 2 tartarugas vivas; carnes de 8 tatus e 2 pacas, que serão entregues ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas); e um curió, que também será levado ao Cetas. Os flagrantes ocorreram em rios de água doce da costa amapaense. Tartaruga viva foi uma das duas apreendidas em embarcações Ângelo Fernandes/Rede Amazônica A operação iniciou no dia 18 de novembro. Nesta sexta-feira (6), a equipe de fiscalização trouxe o material apreendido desde o dia 25 de novembro até Macapá, para entregar os peixes apreendidos ao programa Mesa Brasil do Sesc, e ainda recolher os outros animais ao Ibama. Como o pescado estava fresco e próprio para consumo, ele será doado para cerca de 20 instituições sociais no estado. Fiscalização feita no dia 29 de novembro, em rio da costa do Amapá Ibama/Divulgação No período de 18 a 25 de novembro, o Ibama apreendeu 7 toneladas de peixes na costa e em rios do interior do estado. Com esta nova apreensão, já são cerca de 12 toneladas de carne que não deveriam ter sido pescados. A maioria do pescado estava armazenada em câmaras frigoríficas, por isso a suspeita é que os peixes seriam usados no comércio de maneira ilegal. De acordo com o Ibama também foram recolhidos 15 mil metros de espinhel, apetrecho utilizado para pesca. A equipe do Ibama é formada por cerca de 20 fiscalizadores. Com os flagrantes, 18 pessoas foram autuadas administrativamente e poderão responder processo criminal. Proteção da piracema Ao todo, 21 espécies estão protegidas pelo menos até 15 de março. O defeso é uma medida de proteção para garantir a reprodução de peixes em rios e lagos (veja a lista de pesca proibida). Quem descumpre a portaria, comete um crime ambiental. O Ibama informou ainda que a operação segue até março, quando acaba o defeso. Ibama segue com operação até março Ângelo Fernandes/Rede Amazônica Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.

Em breve novidade aqui!!!
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree