-->

Coronavírus: tomógrafos são instalados no maior hospital do AP e no pronto-socorro de Macapá

08 Abril 2020

Essenciais no diagnóstico da Covid-19, equipamentos devem estar montados até a segunda quinzena de abril, segundo governo. Profissional inicia processo de instalação de tomógrafo em hospital de Macapá José
Baía/GEA Dois tomógrafos começaram a ser instalados no Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal) e no Hospital de Emergência (HE) de Macapá. A previsão é que os equipamentos estejam montados na segunda quinzena de abril, para ajudar no diagnóstico da Covid-19 no Amapá. BOLETIM: AP tem 51 casos confirmados de Covid-19 e 2 mortes REGRAS: Decreto suspende serviços por mais 15 dias MAPA DO CORONAVÍRUS: Confira as cidades infectadas pelo país DÚVIDAS: Veja mais de 50 perguntas e respostas GUIA ILUSTRADO: Conheça mais sobre o Covid-19 De acordo com o governo estadual, o uso deve ser autorizado em até 10 dias, período em que, além de finalizada a instalação, profissionais da saúde receberão treinamento de como operar as ferramentas. As montagens iniciaram na segunda-feira (6). Em março, o Ministério Público do Amapá (MP-AP) já havia solicitado ao governo estadual a reativação do serviço de tomografia nos dois hospitais, como uma das medidas para evitar o colapso no sistema de saúde pública do estado. O tomógrafo também era uma reivindicação de pacientes. Em julho do ano passado, mulheres com câncer protestaram pela falta do exame na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) do Hcal. Hospital de Clínicas Alberto Lima, em Macapá Fabiana Figueiredo/G1 Para tornar o serviço público mais eficiente, o governo informou que ainda alugou 5 centrais de revelação, material utilizado na digitalização das imagens das tomografias e raio-x ao mesmo tempo em que é realizado os exames. Além do HE e do Hcal, as centrais foram instaladas no Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), Hospital da Criança e do Adolescente (HCA) e Hospital Estadual de Santana (HES). Também foi locado para o Hcal um intensificador de imagens, que observa em tempo real a parte interna do corpo do paciente, sem necessidade de impressão ou revelação. O tomógrafo tem prioridade de instalação no HE, pois, segundo o governo, é a unidade que serve como porta de entrada ao paciente que apresenta complicações causadas pelo novo coronavírus. Hospital de Emergência de Macapá Caio Coutinho/G1 Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree