-->

Polícia Civil apreende crack, cocaína e drogas sintéticas durante operação no AP

10 Abril 2020

Novas apreensões aconteceram nesta quinta-feira (9), feitas pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE). Três tipos de drogas foram apreendidas em Macapá pela DTE Sidney Leite/Divulgação/Polícia Civil Após realizar
duas apreensões na manhã desta quinta-feira (9), em Macapá, a Polícia Civil aprendeu 1,5 quilo de crack em Santana; e também porções de drogas sintéticas na capital. Dois homens que estavam com o material foram presos. Na ação realizada na capital, a polícia chegou ao homem após receber denúncias de que ele estava vendendo os entorpecentes no Centro. Segundo o titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), delegado Sidney Leite, o preso, que já tinha sido detido por roubo e porte ilegal de arma de fogo, foi flagrado com porções de crack, cocaína e ecstasy. Ele vendia para um público mais jovem, todos de classe média. Crack encontrado em Santana pela DTE Sidney Leite/Divulgação/Polícia Civil Já o 1,5 quilo de crack estava em uma casa em região periférica do bairro Ambrósio. Um homem que estava no local foi preso. O delegado explicou que a droga aprendida em Santana é considerada "mais forte" e, portanto, é comercializada mais caro. Ele informou que a Polícia Civil segue com investigações para conseguir apreender mais drogas ainda nesta quinta-feira. "Por meio de investigação, nós encontramos esse indivíduo que era bem conhecido no mundo do tráfico em Santana e as investigações continuam. A droga chegou na cidade há pouco tempo e é um crack muito forte”, explicou o delegado. Sidney Leite, delegado da DTE Rede Amazônica/Reprodução Solto no AP durante a pandemia de Covid-19 A polícia apreendeu 3 quilos de crack no bairro Cidade Nova, Zona Leste de Macapá, pela manhã. A droga, segundo a investigação, pertencia a um detento do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) que foi colocado em liberdade devido à pandemia do novo coronavírus, onde presos tiveram penas e regimes reavaliados. O suspeito de tráfico conseguiu fugir no momento em que os agentes chegavam no local. Ainda segundo a polícia, o procurado é irmão de um homem preso na quarta-feira (8) com drogas dentro de um apartamento do residencial São José, no bairro Buritizal, Zona Sul da capital. Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree