-->

Violências física, financeira e verbal lideram denúncias de crimes contra idosos no AP

05 Agosto 2020

Polícia Civil abriu quase 70 investigações por crimes do tipo em 2020, a maioria cometidos por familiares. Entidade alerta para subnotificações. Inquéritos de violência contra idosos no Amapá denunciam
agressões e crimes financeiros Desde o início de 2020, a Polícia Civil do Amapá abriu 68 inquéritos a partir de casos de violência contra idosos, mas o número pode ser bem maior devido às subnotificações e falta de denúncias. Os dados são da 5ª Delegacia de Polícia (DP) do bairro Araxá, na Zona Sul de Macapá, especializada em proteção à população vulnerável. Em função da idade, os acionamentos são difíceis e muitas vezes vizinhos e conhecidos comunicam à polícia evidenciando outro problema: os autores da violência física, psicológica e patrimonial são, em maioria, filhos, netos e parentes próximos. O delegado Neuton Gomes, titular da 5ª DP, detalhou que devido à dificuldade de logística imposta aos idosos pela pandemia, a polícia tem feito diligências para apurar as denúncias. “Aqui na delegacia já temos inquéritos instaurados que envolvem crime contra à população idosa. São diversos tipos de violência. Temos outras 29 investigações apurando outros casos”, detalhou. Número de casos de violência contra idosos tem crescido no estado TV Tem/Reprodução Após o acionamento, a equipe vai até a residência, faz um levantamento e verifica se as evidências estão de acordo com a denúncia, através de uma conversa com o idoso ou com familiares. “São os mais diversos tipos de violências, desde violência física, que é o que mais chama atenção, mas não é a mais comum. As mais comuns que nós temos são de violência patrimonial, quando um filho desvia o dinheiro do idoso, e violência verbal, como injúria”, detalhou. Até casos de tentativa de homicídio foram registrados pela delegacia em 2020. Gomes reitera que o trabalho tem o objetivo de garantir os direitos dos idosos e protegê-los. “O papel da Polícia Civil é apurar essas situações de crimes ou outros tipos de infrações, mas também ajudar a construir essa rede de apoio à população idosa”, finalizou. Qualquer pessoa pode denunciar crimes contra os idosos, por meio do número 100 ou pelo telefone da delegacia: (96) 9 9908-4038. Delegado Neuton Gomes, titular da 5ª DP Rede Amazônica/Reprodução Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree