-->

Canoeiro é condenado pelo homicídio culposo de filho que caiu em rio

20 Fevereiro 2020

O canoeiro foi condenado a três anos e nove meses em regime aberto | Foto: Divulgação

Manaus – O canoeiro Josias de Oliveira Alves foi condenado, no final

da tarde desta quinta-feira (20), pelohomicídio culposo indireto do próprio filho, Pablo Pietro, de quatro meses, que caiu noRio Negro em agosto de 2015. O júri também condenou Josias por lesão corporalcontra Cleudes Maria Batista de Moraes, a ex-companheira dele. As somatóriasdas penas totalizaram três anos e noves meses em regime aberto.

A sessão de julgamento popular foi presidida pelo juiz titular da 1.ª Vara do Tribunal do Júri, Celso Souza de Paula e iniciou às 9h, de quarta-feira (20), no plenário principal do Fórum Ministro Henoch Reis, bairro de São Francisco.

Segundo as investigações, apóstermino da relação, Josias passou a prestar ajuda financeira à ex-companheira. No dia do crime, o homem marcou encontro no porto São Raimundocom Cleudes para entregar-lhe determinada quantia. Então, a ex-mulher do canoeirodirigiu-se com o filho de Manacapuru para o porto.

Ainda conforme a polícia, Josiaschegou no local e passou a discutir com Cleudes, culminando em agressõesmútuas. Instantes depois, com os ânimos mais calmos, Josias e Cleudes, mais obebê, entraram em um bote.

No bote, os dois teriam iniciadouma nova discussão que resultou na criança caindo no rio. Na época do delito, o canoeiroconfessou o crime, mas voltou atrás nas versões. Adefesa de Josias, representada pelo advogado ChristianAraújo de Souza, ressaltou ter ficado satisfeita com o resultado dasentença.

“Estamos felizes e, pelo entendimento dos jurados que sãosoberanos, foi feito justiça na tarde de hoje. Usamos como estratégia estudar oapanhado e histórico da vida dos envolvidos na situação, ou seja, Josias eCleudes. Esse estudo cronológico foi fundamental e embasou que Josias erainfluenciável e que os depoimentos confessando o crime foram manipulados”,disse.

Conforme a defesa, o plenário entendeu que o que aconteceufoi apenas um acidente e, por isso, o canoeiro foi condenado por homicídioculposo e por lesões corporais contra a ex-companheira.

O canoeiro Josias está livre e deverá apenas comparecer àJustiça em datas determinadas para assinar o processo.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree