-->

Renato Feder recusa convite para assumir o Ministério da Educação

06 Julho 2020
Denúncias de possível sonegação de impostos também preocuparam o governo

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, disse em sua conta no Twitter que decidiu declinar do convite feito pelo

presidente da República, Jair Bolsonaro, para assumir o comando do Ministério da Educação.

Segundo Feder, ele recebeu o convite em uma ligação na quinta (2) e ficou “muito honrado”. Para o secretário, o interesse do presidente “coroa o bom trabalho feito por 90 mil profissionais da Educação do Paraná”.

Feder foi avisado de que seu nome passaria por “pente fino”, como ocorre a todos os indicados para cargos. Esse levantamento, e não “pressões” de aliados, levou o Planalto a retardar o anúncio, mas as denúncias envolvendo possível sonegação de impostos de uma empresa de Feder preocuparam o governo.

FONTE: DIÁRIO DO PODER

Comentarios

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree