-->

Cem novos profissionais recebem curso para integração à Moura Tapajóz

14 Agosto 2020
Foto: Semsa / Divulgação

Com o objetivo de reforçar as boas práticas no parto e no nascimento, as normas e rotinas da maternidade, a importância da prática da amamentação e os

protocolos de atendimento às vítimas de violência sexual, a maternidade Dr. Moura Tapajóz (MMT), da Prefeitura de Manaus, iniciou nesta sexta-feira, 14/8, o curso para integração de cem novos profissionais de Saúde, entre técnicos de Enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas e um médico radiologista.

Parte desses profissionais é advinda da equipe cadastrada na estratégia “O Brasil Conta Comigo”, do Ministério da Saúde (MS), que veio a Manaus para o enfrentamento à Covid-19, e parte veio da equipe contratada emergencialmente pela prefeitura para reorganizar sua rede de serviços e seus processos de trabalho, de modo a evitar que a pandemia pelo novo coronavírus tivesse proporções ainda maiores na cidade de Manaus.

“Sabemos da importância de promover a integração desses novos profissionais à estrutura da maternidade Dr. Moura Tapajóz e de fazê-los conhecer não só nossa estrutura organizacional, como também todos os protocolos que utilizamos no cuidado com as mães e com os bebês”, destacou a diretora da MMT, Núbia Cruz.

Em razão da pandemia e a fim de evitar aglomerações, a integração será realizada, quase em sua totalidade, virtualmente, com a disponibilização de vídeos informativos e a realização de reuniões e avaliações on-line. Nesta sexta-feira, os cursos, que seguirão por todo mês de agosto, começaram com a apresentação do Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Savvis) aos profissionais.

O treinamento abordou desde as noções mais básicas, como a parte conceitual do estupro, estupro de vulnerável e exploração sexual e danos primários e secundários da violência sexual, até as condutas mais complexas para evitar consequências para vítima em curto, médio e longo prazo.

“A violência sexual é um tema muito sensível e muito complexo e, infelizmente, devemos estar sempre preparados para as mais diversas situações, nos atualizando constantemente sobre novos procedimentos e protocolos”, explicou a enfermeira Glenda Amorim, responsável técnica pelo Setor de Educação Continuada e Permanente da MMT.

A rede de serviços do Savvis, da Prefeitura de Manaus, atende casos agudos e crônicos de violência sexual em regime de plantão, 24 horas por dia, sete dias por semana. O serviço é formado por uma equipe multiprofissional (médico, enfermeiro, psicólogo e assistente social) especialmente preparada para o atendimento prioritário e reservado, inclusive com leitos específicos em enfermaria em casos que se mostre necessária a internação. A orientação é de que o atendimento ocorra em até 72 horas do fato ocorrido.

Comentarios

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree