-->

Mãe tem 10 filhos menores de 10 anos: 'Estou sempre grávida'

07 Dezembro 2019

Uma mãe norte-americada está dando o que falar na web ao revelar a sua rotina com seus dez filhos - todos menores de 10 anos. Moradora de Novo México, estado no

sudoeste dos Estados Unidos (EUA), Courtney Rogers, 35 anos, contou ao site ao site Love What Matters que o desejo de ter uma família grande era tanto dela quanto de seu marido. Eles, que já vinham de famílias grandes - ambos são os mais velhos de famílias bem numerosas, de 6 a 10 filhos - então decidiram seguir o mesmo caminho de seus pais.

Antes de se casarem, eles chegaram a conversar sobre maternidade. Foi quando o marido sugeriu que tivessem 10 filhos. Courtney lembra que 'zombou' da ideia e disse que não daria certo, já que se considerava muito velha para isso. “Deus deve ter ouvido minha risada e em pouco menos de 10 anos de casamento, fomos abençoados com onze gestações”, disse Courtney, ao site Love What Matters.

(Fotos de Reprodução/Instagram)
(Fotos de Reprodução/Instagram)

O primeiro filho do casal nasceu quando ela estava perto de celebrar seu 26º aniversário. Hoje, aos 35 anos, ela tem nove crianças dentro de casa e está grávida. A frase que mais escuta atualmente é: “você não parece ter idade suficiente para ter tantos filhos”. O primogênito dos Rogers, porém, tem apenas 9 anos. Eles ainda são pais de um par de gêmeos e três pares de “gêmeos irlandeses” - como são chamados irmãos separados por apenas um ano de diferença. A faixa etária dos pequenos é tão próxima que em alguns períodos do ano, dois irmãos ficam com a mesma idade.

Ainda ao site, Courtney garante que já se acostumou a estar “constantemente” grávida e que ainda se emociona quando o teste dá positivo. Já os familiares nem se surpreendem mais quando os Rogers anunciam uma nova gestação.

“Tenho certeza de que para a maioria das pessoas isso parece estranho, mas para nós a experiência de passar alguns anos sem gravidez é que seria muito esquisita”, revela a mãe.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Ela garante, entretanto, que os desafios para cuidar desse quase time de futebol não são poucos. Eles vão desde precisar de algumas babás, comprar fardos e mais fardos de fraldas, dirigir e estacionar uma van com 15 lugares, além de limpar a casa e lavar muitas roupas. Algumas pessoas também são rudes e fazem comentários bem desagradáveis, como: “são todos do mesmo pai?” ou “todos esses filhos? Que horrível!”

Mas ela e o marido garantem que não ligam para isso. “Nossa casa é cheia de barulho, bagunça e risadas”, afirma a mãe. Os gostos dos pequenos são parecidos e eles costumam fazer muitas coisas juntos. Fora que a cada ocasião especial a festa está garantida. Um dos bebês nasceu, inclusive, em meio a um aniversário. “Espero que meus filhos cresçam lembrando toda a diversão e caos que tivemos. Crianças são bençãos”, conclui Courtney.

E engana-se quem pensa que a “fábrica dos Rogers já fechou”. O casal pretende continuar frequentando a sala de ultrassom do hospital e só irão reconsiderar o aumento da família, se surgirem complicações de saúde com Courtney. "A verdade? Eu realmente não sei. Devido a um problema no cordão umbilical durante a minha gravidez de gêmeos, eu já tive que fazer duas cesarianas. Felizmente, encontrei uma grande equipe de parteiras no hospital da nossa universidade. Algumas pessoas expressam preocupação com a minha saúde, mas o resto das minhas gestações foram sem complicações. No entanto, sei que tudo pode acontecer no futuro e, se surgirem outras complicações, consideraremos sabiamente nossas opções de planejamento familiar", pontua.

Com a repercussão da história na internet, a mãe decidiu alimentar ainda mais o Instagram da família @littlehouseinthehighdesert com fotos diárias do casal e dos filhos. Alguns desses cliques, inclusive, o CORREIO colocou nesta nota.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree