-->

Inep diz que pelo menos 80% das notas erradas foram aumentadas após revisão

20 Janeiro 2020

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse nesta segunda-feira (20) à noite que pelo menos 80% das notas erradas de participantes do

Enem afetados por problemas na correção aumentaram depois de nova revisão dos gabaritos.

Segundo Lopes, houve casos em que as notas aumentaram e outros em que ela baixaram. O Inep é o órgão do Ministério da Educação que cuida do Enem. O erro afetou as notas de 5.974 candidatos e já foi corrigido.

De acordo com o presidente do órgão, 90% das notas do 1º dia de Enem que foram identificadas como erradas acabaram aumentando após a correção certa. Cerca de 10%, portanto, tiveram uma nota aumentada e que foi diminuída com a revisão.

Já no 2º dia, 80% das notas identificadas como errada foram aumentadas com a revisão certa. Outros 20% de candidatos afetados acabaram tendo a nota diminuída com a correção nova.

Segundo o Inep, as notas da redação não foram alteradas, porque o método de correção dos textos é diferente do utilizado nos cadernos de questões.

O Sisu será aberto amanhã, como previsto, mas por conta do problemas com as notas o prazo de inscrição foi estendido para o domingo (26). Segue previsto para terça (28) o resultado. Segundo Lopes, a extensão foi para permitir que os candidatos que tiveram nota alterada tenham tempo de conferir a nova nota e analisem o curso que querem tentar.

O Inep disponibilizou um e-mail para receber reclamações em relação à nota e recebeu 172 mil mensagens. O órgão diz que não ficou restrito aos pedidos e que analisou novamente todas as provas dos 3,9 milhões de inscritos.

"Com a implementação do Enem digital esse tipo de erro vai deixar de existir, por que não vai haver cartão de resposta em papel", afirmou Lopes.

Erros concentrados na Bahia e em Minas
Mais cedo, o ministro Abraham Weintraub afirmou que os erros ficaram concentrados em Bahia e Minas Gerais - Alagoinhas (BA), Viçosa (MG), Ituiutaba (MG) e Iturama (MG) tiveram 95% dos casos. O presidente do Inep afirmou que os únicos estados que não tiveram nenhum problema identificado foram Roraima e Amapá.

"Não tem impacto nenhum, o pessoal aí do Sul pode ficar tranquilo. O resto também pode ficar tranquilo, foi um susto que as pessoas levaram", afirmou ele em uma live mais cedo.

Ele explicou que a equipe compara os gabaritos onde "estatisticamente tem mais problema". No domingo (20), uma força-tarefa do Ministério da Educação foi montada para identificar os problemas.

Cronograma do Sisu

  • Abertura das inscrições: 21 de janeiro (terça-feira)
  • Fim das inscrições: 23h59 de 26 de janeiro (domingo)
  • Resultado: 28 de janeiro
  • Prazo para participar da lista de espera: 29/1 a 04/2
  • Convocação dos candidatos em lista de espera: 07/2 a 30/4

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 7931 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree