-->

Lazzo celebra 40 anos de carreira em show dançante na Concha Negra

24 Janeiro 2020

Nome referencial na história da música negra da Bahia, influenciada tanto pela matriz africana quanto pelos ritmos caribenhos e pela levada jamaicana do reggae, Lazzo Matumbi comanda a mais nova edição

do Concha Negra, que acontece neste sábado (25), na Concha Acústica.

"Preparei um baile dançante, onde eu trago meus sucessos, e também pitadas de coisas novas que estão no meu disco mais recente, só para dar uma mostrada. Batizei o show de Nosso Jeito de Ser, para mostrar essa minha história, mas também a história da Bahia, do Nordeste, que ainda hoje é vista de forma negativa e pejorativa", explica Lazzo sobre o show, que chega pela primeira vez a um palco como o da Concha.

"Um lugar grande, mas familiar, onde você fica muito próximo ao público, então você se consagra. Sendo um artista baiano, me sinto numa reponsabilidade ainda maior de pisar naquele palco e de levar um trabalho de qualidade", admite.

"Passar quarenta anos, e não se corromper, fazer música de qualidade, com compromisso, músicas que passado todo esse tempo todo mundo canta até hoje, é uma 'responsa' que eu tenho, e que eu preciso devolver ao meu público" - Lazzo Matumbi

(Foto: Paula Alfamor/ Divulgação)

Além de mostrar o que há de bom por aqui e de enaltecer, fortalecer e dar visibilidade às culturas negras, o cantor aproveita a oportunidade para celebrar seus 40 anos de carreira.

Numa rara oportunidade reúne 12 músicos que o acompanham a longas datas, e ainda convida artistas de diferentes gerações para participações especiais, a exemplo do grupo de rap Opanijé, que recentemente gravou Do Jeito Que Seu Nego Gosta, um clássico de seu repertório, e das cantoras Aiace Félix e Michaela Harrison. Com a primeira, Lazzo divide os vocais da faixa Nega Margarida/ Minha Menina, presente no disco dela; e com a segunda, vem acumulando duetos em shows pela cidade.

Quem abre a noite é a galera do Ministereo Público, que se inspira em uma das mais sólidas tradições da Jamaica, a cultura do sound system. "Os caras são muito bons, e já vão deixar a galera preparada para o meu show", adianta Lazzo, para quem a parceria recente com artistas que têm movimentado a cena com boas produções é um respiro à sua própria carreira. "É maravilhoso juntar e trocar essa energia. E esse tipo de coisa tem sido recorrente. Fiz trabalhos com Pitty, Larissa Luz, IFÁ, Baiansystem...É algo novo para mim, e muito bom, porque preciso desse oxigênio para continuar por mais 40 anos", brinca.

Serviço: Concha Acústica do TCA (Campo Grande). Sábado (25), às 19h. Ingressos: R$ 30 | R$ 15. Vendas na bilheteria do TCA, nos SACs dos shoppings Barra e Bela Vista ou pelos canais da Ingresso Rápido.


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 5521 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree