-->

Mulher é assassinada a tiros no Horto Florestal

16 Fevereiro 2020
Foto: Bruno Wendel/CORREIO

O Horto Florestal, um dos metros quadrados mais caros de Salvador, voltou a ser palco da violência. Dois meses depois de um ataque a tiros, que deixou quatro

mortos – entre eles um bebê-, uma mulher, ainda não identificada, foi assassinada com vários disparos na madrugada deste domingo (16).

A mulher foi morta na Alameda dos Ipês - trecho que liga o Horto à Avenida Juracy Magalhães, nas imediações do condomínio de luxo Villaggio Panamby. O crime aconteceu por volta das 4h. Segundo um segurança de uma empresa privada que atua no local, pelos menos três homens armados passaram por um dos seguranças que fazia a ronda pouco antes do crime. “Eles estavam num carro escuro e, armados, mandaram o nosso colega sair. Instante depois, ouvimos vários tiros”, contou.

Logo após, os seguranças foram até o local e encontraram somente o corpo da mulher debruçado no chão e sem sinais vitais. “Como não tinha mais nada a fazer, ligamos para a Polícia Militar e a Civil. Ela estava sem documentos, segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica. A mulher é negra, usava um short marrom e um top preto”, detalhou o segurança.

Quem mora no entorno, além dos tiros, escutou gritos. “No primeiro momento foram tiros sequenciais. Muitos tiros. Depois uma pausa de segundos e, em seguida, mais dois tiros. Era como se fossem pelo menos duas pessoas atirando. Após, escutei gripo de uma mulher, como se estivesse se assustado com alguma coisa. Não deu para ouvir mais por conta de um barulho de uma festa que acontecia perto do local do crime”, contou uma moradora ao CORREIO.

O CORREIO manteve contato com a Polícia Militar e a Civil, mas até agora não obteve retorno.



Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree