-->

De guarda municipal, Claudia Leitte 'bagunça' com pipoca na Barra

20 Fevereiro 2020

Antes mesmo que Claudia Leitte aparecesse no trio, na noite desta quinta-feira (20), os foliões que esperavam pela pipoca dela já cantavam. Foi ao som de Claudinha Bagunceira que a cantora

deu início à homenagem às mulheres que fazem parte de forças policiais - seja na própria polícia, seja em corporações como as guardas municipais.

"Atenção, mulheres: nós podemos estar em qualquer lugar, inclusive na polícia. Enquanto nós estamos aqui curtindo, elas estão atentas", disse, referindo-se às profissionais. Vestida com uma fantasia inspirada na Guarda Civil Municipal de Salvador, Claudia recebeu um grupo de agentes da corporação.

Uma das guardas municipais homenageadas por Claudia, a encarregada Eurina Araújo elogiou a iniciativa. "A gente achou muito interessante porque muitas vezes a imagem que as pessoas têm das forças de segurança na mídia são negativas. Foi uma honra essa homenagem de uma pessoa tão querida quanto Claudia Leitte", afirmou ela, que está na corporação há 12 anos.

CORREIO Folia: confira todas as notícias do Carnaval 2020

Em 2020, Claudia Leitte apresenta a força da mulher em suas apresentações da folia. Com o tema We Can Do It, ela já incorporou Rosie, The Riveter, e Mulan no pré-Carnaval de São Paulo. No repertório desta quinta, não faltaram sucessos como Extravasa, Taquitá, Baldim de Gelo e Poderosinha - a última, inclusive, que é a aposta da cantora para o Carnaval.

Fãs como o diretor de marketing Neto Oliveira, 23, e o psicólogo Tony Batista, 29, aprovaram as escolhas de Claudia para a folia deste ano.

"Os temas dela são sempre prefeitos. Ela sempre inova", disse Tony. Segundo Neto, a chance de vê-la na pipoca fez com que os dois chegassem mais cedo em Salvador. "Somos de João Pessoa e acompanhamos Claudia de janeiro a janeiro. Vamos sair nos blocos, mas a gente já chegou sabendo que ia curtir hoje de graça".

Os amigos Jessica, Fabricio e Juliana (Foto: Thais Borges/CORREIO)

Vestidos com camisas com uma foto de Claudia e tiaras de "poderosinhas", os amigos Jessica Star, 27, Fabrício Félix, 21, e Juliana Almeida, 22, explicaram que o Carnaval deles se resume a acompanhar a loira. "Acho maravilhoso que ela esteja com a pipoca hoje porque tem muitos foliões que não têm condições de comprar o bloco. Eu queria era que fossem mais dias", disse Jessica. Para Fabrício, não há diferença nos shows de Claudia para a pipoca ou para o bloco. "Ela se entrega da mesma maneira", opina

As primas Vanessa, 19, e Vitória Conceição, 19, já tinham acompanhado o trio de Claudia antes - justamente na pipoca. Esse ano, trabalharam como cordeiras na corda que fica em volta apenas do trio, por segurança.

"Dá para curtir também, especialmente porque a gente gosta dela. Mesmo trabalhando, dá para aproveitar", disse Vanessa. "Ela é uma boa cantora, dessas que arrasta multidão. e o pessoal que vem para a pipoca dela é bem tranquilo, legal", completa Vitória.

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airports e Claro.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree