-->

Cremeb suspende médico que prometeu 'soro da imunidade’ para Covid-19

27 Março 2020

O médico Aldo Araujo Grisi está impedido de atuar profissionalmente. A interdição cautelar do exercício da medicina por ele foi decidida, por unanimidade, nesta sexta-feira (27), pelo Conselho Regional de Medicina

do Estado da Bahia (Cremeb). Grisi prometia pelas redes sociais, em meio à pandemia do novo coronavírus, um soro de imunidade para prevenir a infecção pela Covid-19.

"O coronavírus desembarcou no Brasil. Pensando nisso, modifiquei o soro personalizado. Agora, está mais potente para reforça (sic) sua imunidade mais rápido e evitar que qualquer virose se instale em seu corpo", dizia o médico em uma das postagens, já apagadas no Instagram.

Postagens feitas por Grisi em seu Instagram Stories
(Foto: Reprodução)

Grisi é famoso por oferecer um "tratamento de hormônios da beleza" e já atendeu famosos como Sheila Mello, Jerry Smith, Felipe Pezzoni e Emiliano d’Avila. A interdição cautelar total dura até o julgamento final do processo ético-profissional, que deverá ser julgado no prazo de seis meses, prorrogável por igual período uma única vez.

A cassação do registro profissional de Grisi foi decidida na sessão plenária realizada quinta-feira (26), de acordo com o Cremeb, e aprovada por unanimidade. A cassação foi publicada nesta sexta-feira (27) no diário oficial da União e assinada pela Conselheira Presidente, Teresa Cristina Santos Maltez.

"Esta medida de natureza preventiva tem como objetivo evitar que, no desempenho da sua atividade, Dr. Aldo Grisi venha a causar com sua conduta prejuízos à população, especialmente, diante da crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), tornando imperiosa a necessidade de resguardar a sociedade nesse momento de vulnerabilidade e agravamento da doença", afirma o Cremeb, em nota.

Em comunicado, o Conselho afirma que recebeu denúncia relativa às postagens pelo Dr. Aldo Grisi em redes sociais. "Nelas, o médico afirma ter tratamentos não completamente descritos, mas que teriam o efeito de “reforçar a imunidade” e auxiliar na prevenção contra o coronavírus. O Cremeb/CFM não reconhece nenhum tipo de tratamento neste sentido e instaurou imediatamente Sindicância para apurar os fatos. A Sindicância foi concluída e foi proposta a interdição cautelar, aprovada por unanimidade pelo Conselho Plenário em 26/03/2020".

Grisi prometia o soro da imunidade
(Foto: Reprodução)

Em um dos vídeos publicados pelo médico, ele aparece injetando em sua veia o tal soro. “Não espere adoecer para cuidar da imunidade. Tem gente que fala assim: 'ah, mas eu não estou sentindo nada. Estou ótimo'. Ótimo. Que bom que você tá bem. O nosso soro da imunidade é para que você esteja bem e se mantenha bem”, diz Grisi.

O CORREIO tentou contato com Aldo Araujo Grisi pelos telefones disponibilizados em seu Instagram. Um dos números respondeu, via mensagem, dizendo que o " contato é da recepção e essas informações não chegaram até nós". Nos outros, ainda não obteve resposta.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree