-->

Como fazer um ovo de páscoa em casa? O CORREIO te conta

05 Abril 2020

O tempo passou rapidamente, você pode não ter percebido, mas no sábado (10) que vem já é páscoa. Todos os anos, um símbolo ganha protagonismo neste período e vira objeto de

desejo ou de demonstração de afeto entre as pessoas: o ovo de páscoa.

Apesar das contigências atuais, neste ano não será diferente. O termo ‘como fazer um ovo de páscoa em casa’ tem aparecido entre os mais buscados no Google na última semana, em meio a tantos outros sobre Covid-19.

O interesse tem duas faces: ou as pessoas estão querendo garantir a páscoa da família sem sair de casa, ou estão buscando empreender e tirar alguma renda extra neste período.

De qualquer forma, o CORREIO consultou chefs e demais profissionais especializados em confeitaria para criar um guia que responda à pergunta: como criar um ovo de páscoa em casa?

Assista abaixo o passo a passo em vídeo ensinado pela chef Joyce Gusmão.

Com quem conhece

Juliana Silva trabalha há quatro anos com uma confeitaria em casa, produzindo bolos. Há três, decidiu produzir também ovos de páscoa, com entrega em domicílio e encomendas via WhatsApp.

“Se eu te disser que a Páscoa é a única época do ano inteiro que eu consigo vender bem, você acredita? É quando eu consigo realmente quitar as dívidas e ainda guardar um pouco”, conta a confeiteira.

Juliana aposta no capricho do preparo, de acordo com o gosto do cliente: “O ovo feito por encomenda é mais gostoso, mais barato e mais bonito. O que é feito na indústria e vendido em supermercado é a mesma receita de sempre, e todo mundo já enjoou”.

O capricho também vale para quem montou uma confeitaria longe de casa e está entre os grandes chefs da Bahia. “Eu trabalho com um menu livre. O cliente é quem manda fazer o ovo de páscoa do jeito que ele gosta”, diz Thiago Sá, da Confeitaria Thiago Sá, na Pituba. O chef está produzindo ovos de páscoa por encomenda e entregando a domicílio. Foi um dos especialistas que ajudaram a montar este guia.

“Existe uma linha de chocolate fracionado que torna mais fácil fazer ovo em casa. Basta você ter uma forma que custa no máximo R$ 2”, conta.

Segundo Roberta Badaró, chef da confeitaria Dolce Vila, a paixão pelo chocolate faz a Páscoa ser o Natal para quem trabalha com doces: “No Natal você tem várias opções de presente para dar. Na Páscoa, ainda que uma parte do público não goste de chocolate, é ele quem domina”. A Dolce Vila está atendendo por delivery ou com retirada na loja no Jardim Apipema.

Para quem não estiver pensando em negócios, mas em aproveitar o tempo livre para fazer os ovos da sua Páscoa – e assim economizar bastante –, a regra é soltar a criatividade. “A vantagem de fazer em casa é que você não tem limite", conta Joyce Gusmão, chef executiva do Umami Gourmet, centro para quem deseja aprender e praticar gastronomia.

"Você pode fazer do jeito que quiser. Fazer um ovo trufado, com recheio, pode preencher a casca e fazer um ovo de colher, pode ficar à vontade e envolver toda a família no processo”, conta Joyce Gusmão.

-

PASSO A PASSO EM VÍDEO, COM A CHEF JOYCE GUSMÃO:


-

DICAS SOBRE O CHOCOLATE:


1) ENTENDA AS DIFERENÇAS

A primeira coisa a saber é que existem dois tipos de chocolate: um chamado de ‘puro’, ou ‘nobre’, e outro chamado de ‘fracionado’ ou ‘temperado’. Para não arriscar seu investimento, fique com o segundo.

Como explicam os especialistas, o puro é 100% feito de manteiga de cacau. Por isso, é frágil ao calor. “Quando você trisca num chocolate desses, o calor da mão já faz ele derreter”, explica Joyce Gusmão.

“Você pode fazer um ovo de chocolate puro colocando na geladeira, mas quando você tirar da forma eu não dou dois minutos para ele derreter todo”, conta a confeiteira caseira Juliana Silva.

É possível encontrar ovos de páscoa feitos de chocolate puro, feitos por chefs experientes. Eles usam uma técnica chamada ‘temperagem’, que exige uso de utensílios de cozinha industrial (veja mais abaixo).

Pensando em quem trabalha de casa, a indústria criou o chocolate fracionado. “No lugar da manteiga de cacau, ele leva gordura hidrogenada. Com isso, resiste mais ao calor”, ressalta o chef Thiago Sá.

2) ESCOLHA O CHOCOLATE CERTO

Os especialistas reconhecem que há uma diferença de sabor entre o chocolate puro e o fracionado por conta da gordura hidrogenada. Isso não quer dizer, no entanto, que usar o fracionado prejudique seu ovo de páscoa.

“Existem marcas boas que fazem chocolates já temperados. O ideal é que você escolha uma, faça o seu ovo, prove, e assim vai vendo qual você gosta mais”, recomenda a chef Joyce Gusmão.

“A maioria desses chocolates que compramos no supermercado tem gordura hidrogenada. E todo mundo come e tem a sua marca preferida, né?”, reflete Joyce. Ela não recomenda as barras de supermercado para a fabricação dos ovos de páscoa.

Juliana Silva recomenda algumas marcas de chocolate fracionado: “Mavalério, Sicao, Harald, todas marcas brasileiras de qualidade. É possível encontrar em lojas quaisquer de confeitaria ou em sites de internet”.

Chefs fazem ovos com chocolate puro (Foto: Thiago Sá)

3) NÃO ARRISQUE A TEMPERAGEM

A temperagem exige ambiente com ar-condicionado, termômetro de cozinha e uma pedra de mármore ou granito. A ideia é variar rapidamente a temperatura do chocolate puro para adaptá-lo ao clima mais quente da nossa região.

“Com o chocolate ao leite, por exemplo, você primeiro derrete ele a 45º C. Depois, bota numa pedra e vai mexendo até baixar a temperatura a 28º C. Aí, você aquece de novo até 31º C. As temperaturas precisam ser exatas, e cada chocolate tem as suas”, explica o chef Thiago Sá.

Por isso, os especialistas não recomendam arriscar: “Não é algo muito prático, né? E em casa a pessoa geralmente não tem os utensílios ideais, como um termômetro bem aferido e uma bancada de pedra”, comenta Joyce Gusmão.

-

O PASSO A PASSO DO PREPARO:

O chocolate vem em barra ou já dividido (Foto: Joyce Gusmão)

1) DIVIDA E PIQUE O CHOCOLATE

A sua barra de chocolate virá marcada em bloquinhos. Pegue a gramatura total da barra, divida pelo número de bloquinhos e estime quanto pesa cada um deles. Daí, defina quantos gramas de chocolate você vai precisar e corte seguindo os blocos. Depois, pique-os em lascas finas.

“Com R$ 18 você consegue comprar uma barra de 1,1 kg de um bom chocolate. Com essa barra você consegue fazer até três ovos de 350 gramas, cada” – Thiago Sá.

Método prático é derreter no microondas (Foto: Joyce Gusmão)

2) DERRETA O CHOCOLATE

Existem duas formas de derreter o chocolate, cada uma com suas características:

  • BANHO-MARIA: Coloque o chocolate picado numa tigela de vidro e coloque a tigela sobre uma panela com água fervendo em fogo baixo. Mexa constantemente.
    • ATENÇÃO! Tome cuidado para que o fundo da tigela não toque a água, pois pode queimar o chocolate.

“O banho-maria demora muito mais tempo, e tem que ter cuidado para que o vapor não suba da panela e caia no chocolate, porque pode estragar. A tigela tem que fechar a panela” – Juliana Silva.

  • MICROONDAS: Numa tigela de vidro, aqueça o chocolate por 30 segundos. Retire, mexa bastante com uma espátula e aqueça por mais 30 segundos. Repita o processo até obter um derretimento homogêneo.
    • ATENÇÃO! Não tente poupar tempo e colocar mais do que 30 segundos, pois você pode queimar o chocolate.

“Você precisa ficar muito atento à potência do seu microondas. Olhar bastante enquanto mexe, prestar até mais atenção do que no banho-maria, porque pode queimar” – Roberta Badaró.

Formas mais modernas possuem duas faces (Foto: Joyce Gusmão)

3) COLOQUE NUMA FORMA

Existem dois modelos principais de forma, cada um com suas características:

  • COM SILICONE: possui duas faces, sendo que uma encaixa na outra. Entre elas, uma capa de silicone, tudo isso em formato de uma banda do ovo.
    • Como usar: despeje o chocolate até a altura marcada na forma. Ponha a capa de silicone e pressione levemente para que o chocolate se espalhe. Feche com a outra face e volte a pressionar. Vire a forma com a concavidade para baixo e passe os dedos levemente nas bordas, para que ele termine de se espalhar. Leve à geladeira.

“Essa forma veio para ajudar muito a gente, porque já tem a marcação com a medida certa para colocar de chocolate e você só precisa fazer o processo uma vez” – Juliana Silva.

Forma tradicional exige mais de uma camada (Foto: Thiago Sá)
  • TRADICIONAL: forma de plástico com apenas uma face, no formato de uma banda do ovo.
    • Como usar: despeje uma fina camada de chocolate, com cuidado para ele não pesar e ir para o fundo da forma. Leve à geladeira para secar. Ponha uma segunda camada e volte à geladeira. Repita o processo até obter a espessura desejada para a casca do ovo.

“É um processo muito mais demorado, tem que fazer pelo menos três camadas e tem que ter cuidado para que o ovo fique todo por igual, sem um lado mais grosso do que o outro” – Juliana Silva.

Casca solta-se facilmente da forma (Foto: Thiago Sá)

4) ESPERE SECAR E TIRE DA FORMA

Com o chocolate na forma, leve à geladeira por 15 minutos, ou até que o plástico fique com uma aparência fosca. Retire e mexa com cuidado no chocolate até que ele solte por completo da forma. Se ele estiver realmente seco, se soltará sem esforço.

O ovo pode ser trufado ou ser preenchido (Foto: Dolce Vila)

5) DÊ UM TOQUE FINAL

Com a casca do ovo pronta, é hora de usar a criatividade. Você pode preenchê-lo até em cima com algum recheio - criando o chamado ‘ovo de colher’ - ou colocar um creme e selar com uma nova camada de chocolate – criando o chamado ‘ovo trufado’.

“Pense a casca do ovo como um recipiente de chocolate. Você pode, por exemplo, colocar camadas de bolo e de recheio e assim fazer um ovo de colher com bolo de pote” – Joyce Gusmão.

“Faça um brigadeiro comum mole, no ponto de soltar do fundo da panela – não precisa esperar o ponto de enrolar – e espere esfriar bastante. Ponha na casca e você tem um ovo de colher” – Roberta Badaró.

“Passa um creme de avelã, uma geleia ou qualquer outro creme que você goste na casca e ‘sele’ esse creme com mais uma camada de chocolate e põe para secar. Aí você já tem um ovo trufado” – Thiago Sá.

DICAS ESSENCIAIS DOS MESTRES

  • Uma dica para fazer o chocolate render mais e ainda incrementar o sabor – e sua apresentação – é adicionar oleaginosas: “você pode picar amendoim, castanha ou o que mais gostar e colocar no chocolate derretido, para formar a casca”, indica Joyce Gusmão, do Umami Gourmet.
  • Se você fizer um recheio como brigadeiro, tome cuidado: é preciso esperar que ele esfrie totalmente antes de colocá-lo no ovo. “Tem que ser muito frio. Não pode estar nem morno, porque qualquer calor pode derreter o chocolate do ovo”, conta Juliana Silva, do July Cakes.
  • Ao fazer um recheio como brigadeiro para o ovo, deixe-o esfriar coberto por um papel filme colado à superfície do creme: “tem que ser rente mesmo. Se deixar um centímetro de espaço vai acumular água e a água vai estragar o brigadeiro”, conta a confeiteira Juliana Silva.
  • Fazer um ovo de colher caseiro pode ser uma grande diversão para as crianças: “coloca ingredientes que elas gostem – jujuba, M&M’s, brigadeiro, chocolate em barra – em potinhos na mesa e pede pra elas montarem o recheio dos sonhos delas”, indica Joyce Gusmão.
  • Se não tiver condições de comprar uma forma, dá para improvisar com outros materiais de plástico: “pode usar um copo plástico, por exemplo, para fazer uma casquinha e depois rasgá-lo. Não vai ser um ovo, mas vai ser chocolate”, lembra Joyce Gusmão, do Umami Gourmet.

-

PARA QUEM QUER EMPREENDER


Juliana Silva vende ovos feitos em casa (Foto: Evandro Veiga / CORREIO)

DICAS PARA FATURAR UMA GRANA

A estimativa do analista técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-BA), Wagner Santos é que com um investimento mínimo de R$ 30 na compra dos ingredientes para produzir, por exemplo, seis ovos de Páscoa, o custo individual fica em torno de R$ 6.

Ao vender esse produto por R$ 15, o empreendedor tem aí R$ 45 de lucro só nessa primeira leva. “A dica mais importante vem agora: não utilize logo esse lucro imediato para gastar e sim, reinvista na produção de mais ovos. Só deixe para tirar o seu lucro no total final”, orienta o especialista. Na hora de agregar valor, vale apostar na segmentação desse consumidor e também na criatividade ao ofertar o produto.

“As preferências ajudam a aumentar o ganho. Quanto mais você buscar entender quem é o seu cliente e segmentar isso, melhor. Inove em sabores e em perfis de público. Outra alternativa para conquistar este consumidor está nos formatos. Uma boa ideia é fazer uma ‘brincadeira’ com a pandemia sempre com muito cuidado, é claro. Quem sabe um ovo com máscara de proteção ou em forma de casinha, fazendo referência ao fique em casa?”.

O novo coronavírus tem exigido também um esforço maior para fortalecer a confiança com o consumidor, como acrescenta o analista técnico do Sebrae-BA: “Uma estratégia interessante é fazer um vídeo e postar em suas redes sociais mostrando que você utiliza toda proteção necessária para produzir os ovos. Vale ainda anexar no produto um card ou tag afirmando que a produção foi feita de maneira correta e segura”, acrescenta.

CINCO DICAS PARA GANHAR DINHEIRO NESSA PÁSCOA

NEGÓCIO: Antes de começar a vender qualquer coisa em qualquer época do ano é fundamental ter planejamento. Qual a sua capacidade de produção? Quem vai ser o seu cliente? Que diferencial seu produto vai trazer? Quanto ele vai custar e quanto de retorno esse investimento vai proporcionar?

SEGURANÇA: Em tempos de pandemia, é preciso não só convencer o consumidor da qualidade do seu produto ou tentar seduzi-lo pelo preço, mas conquistar sua confiança. Isso inclui mostrar para ele que seguiu à risca todas as orientações recomendadas para evitar qualquer chance de contaminação pelo coronavírus.

LOGÍSTICA: Delivery é a solução para quem quer vender durante a pandemia, visto que as pessoas estão em quarentena. Aí vale buscar uma parceria com motoboys ou aplicativos de entrega como Rappy, Uber Eats e iFood, por exemplo. Não deixe de cumprir os prazos de entrega combinados com cliente.

INOVAÇÃO: Além de segmentar bem o público, vale apostar em formatos que ‘brinquem’ com a pandemia, sempre com muito cuidado. Um ovo com uma máscara cirúrgica, por exemplo, pode ser uma boa aposta.

REDES SOCIAIS: É por meio do Instagram, Facebook e Whatsapp que vai ser possível movimentar suas vendas e divulgar seu produto. Capricha na foto e no post. Fortaleça também as recomendações e o bom e velho ‘boca-a-boca’.

NÃO QUER SE ARRISCAR? ONDE COMPRAR:

  • July Cakes Confeitaria: Caseira, faz ovos de colher com entrega a domicílio ou retirada na casa da fabricante. Encomendas pelo WhatsApp: 71 98864-1352
  • Confeitaria Thiago Sá: Confeitaria gourmet, faz ovos de chocolate puro trufados ou maciços a gosto do cliente. Encomendas pelo WhatsApp 71 9662-1718 ou pela página do Instagram: @confeitariathiagosa
  • Dolce Vila: Confeitaria gourmet, faz ovos de páscoa e outros itens para presentear no período. Encomendas pelo WhatsApp 71 8159.3144 ou pelo Instagram: @ dolcevila

ONDE ADQUIRIR OS INGREDIENTES:

  • Cabel Bomboniere @cabelboboniere - Delivery (71) 9 8329-4949 / 9 8315-3789
  • Vila da Confeitaria @viladaconfeitaria - Delivery (71) 9 9155-5685 / 9 8816-8402 / 9 8346-9202 / 9 8825-2568
  • Staff do Bolo @staffdobolo - Delivery (71) 9 8128-3078 / 4103-2577
  • Bazar do Valter (Centro) @bazardovalter - Drive Thru - das 9h30 às 13h30 - Rua do Paraíso nº 46/ 251 - Nazaré - (71) 3321-0567 / 2201-0500
  • Vilas Embalagens @vilasembalagens - Delivery - Atendimento das 9h às 16h - (71) 9 9345-8026
  • Esquina Embalagens @esquinaembalagens - Drive Thru - das 8h às 16h - Loja Calçada - Largo dos Mares, 237-295 - Mares - (71) 3017-4919 / 9 9263-3101
  • Cris Embalagens @crisembalagensba - Delivery - (71) 9 9332-8026
  • Mundo do Sabor @mundodosabor - Delivery - (71) 9 8133-8262 / 3252-7481
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree