-->

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

03 Julho 2020

O Brasil bateu a marca de 1,5 milhão de casos confirmados acumulados desde o início da pandemia de covid-19. O número foi divulgado na atualização diária do Ministério da Saúde. Com

42.223 novos casos, o total hoje (3) chegou a 1.539.081, um aumento de 2,8% em relação a ontem(2), quando eram contabilizados 1.496.858 casos.

O balanço também registrou 1.290 novas mortes nas últimas 24 horas, chegando ao total de 63.174. O aumento no número de mortes cresceu 3,7% em relação a ontem, quando o painel do Ministério da Saúde trazia 61.884 óbitos.

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram e 607.535 pacientes estão em acompanhamento. Ainda há 3.968 mortes em investigação.

São Paulo é o estado com o maior número de mortes em função da pandemia de covid-19 com 15.694 óbitos, seguido por Rio de Janeiro (10.500), Ceará (6.351), Pernambuco (5.068), Pará (5.050). As Unidades da Federação com menos óbitos são Mato Grosso do Sul (107), Tocantins (211), Roraima (358), Santa Catarina (376) e Acre (387).

Bahia
A Bahia registrou uma triste marca nesta sexta-feira (3): ultrapassou o número de 2 mil pessoas mortas pelo novo coronavírus no estado. As informações são da Secretaria de Saúde da Bahia.

No boletim divulgado nesta sexta, a Bahia aparece com 54 novos registros de mortes pela covid-19, chegando a 2.001 vítimas fatais da doença. O número de casos confirmados também cresceu. Com 2.965 novas confirmações, já são 82.314 os infectados no estado. Desse total, 54.987 já são considerados curados e 25.326 encontram-se ativos.

O primeiro caso de coronavírus na Bahia foi registrado no dia 6 de março, em Feira de Santana, enquanto a primeira morte foi registrada no dia 29 do mesmo mês, em Salvador. Cerca de três meses depois da chegada da pandemia, em 11 de junho, um recorde que ninguém queria: mil mortos. Agora, no dia 3 de julho, o número avança para 2 mil que perderam essa batalha. Ou seja, em menos de um mês o número de mortes dobrou.

Há infectados em quase todo o território baiano. Dos 417 municípios do estado, 390 já contam com pelo menos um infectado. Salvador lidera o número de doentes - já são 36.813, o que corresponde a 46,09% do total. Já os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (2.025,28), Gandu (1.956,61), Ipiaú (1.584,81), Uruçuca (1.471,81) e Itabuna (1.310,37).

Além desses casos confirmados, há ainda 82.978 em investigação, enquanto 175.806 foram descartados. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (2).

Na Bahia, 9.449 profissionais da saúde foram infectados pela covid-19.

Dos 2.281 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para tratar pacientes infectados pelo coronavírus no estado, 1.484 estão preenchidos, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 911 leitos exclusivos para o coronavírus, 708 possuem pacientes internados, o que indica uma taxa de ocupação de 78%.

De acordo com a Sesab, "o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda".

A Sesab também disponibiliza diariamente o perfil das pessoas que entraram para as estatísticas das vítimas fatais da doença. Veja aqui.


Covid-19: Rio de Janeiro chega a 10,5 mil mortesO estado do Rio de Janeiro registrou 10,5 mil mortes por covid-19, com 118.956 casos confirmados. São 168 óbitos e 2.133 casos registrados nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (3), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Há mais 1.024 óbitos em investigação e 98.540 pacientes se recuperaram da doença.

A capital lidera o número de mortos, com 6.791 óbitos. Entre os demais municípios com maior número de mortes estão São Gonçalo (474), Duque de Caxias (451), Nova Iguaçu (350), São João de Meriti (238), Niterói (208), Belford Roxo (180), Magé (135), Itaboraí (132), Mesquita (119), Campos dos Goytacazes (108), Petrópolis (94) e Angra dos Reis (87).

São Paulo registra 15,6 mil óbitos por coronavírus
Com mais 343 óbitos contabilizados nas últimas 24 horas, o estado de São Paulo soma agora 15.694 óbitos provocados pelo novo coronavírus (covid-19).

A maior parte dos óbitos, segundo a Secretaria Estadual da Saúde, é de pacientes com 60 anos de idade ou mais, representando 74,4% do total de mortes.

Até hoje (3), o estado contabiliza 310.517 casos confirmados do coronavírus, com 165.766 recuperados.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree