-->

Às vésperas da Série B, Vitória tem sete titulares absolutos no time

05 Agosto 2020

Às vésperas da estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, quais são os jogadores que se firmaram no time do Vitória? Análise feita pelo CORREIO aponta que sete posições têm dono

e quatro faltam ser consolidadas.

Por motivos diferentes, as vagas de goleiro, lateral direito, meia e centroavante ainda não têm titulares absolutos. Os ajustes precisarão ser feitos pelo técnico Bruno Pivetti ao longo da competição, na qual o rubro-negro estreia sábado (8), às 19h, contra o Sampaio Corrêa, no Barradão.

Apesar de ainda haver carências e atletas que precisam mostrar mais serviço em campo, outros se apresentam como candidatos a guiar o Leão na longa trajetória em busca do acesso à Série A. Entre os 42 jogadores do elenco, o garçom Thiago Carleto e o artilheiro Alisson Farias são alguns dos destaques com qualidade para assumir essa função.

GOLEIRO

Sem culpa nos gols sofridos diante de Botafogo-PB e Ceará, no recomeço da Copa do Nordeste, Ronaldo ganhou a concorrência com o recém-chegado César e é o atual dono da camisa 1 do Vitória. O goleiro revelado na Toca do Leão já provou dentro de campo ter mérito para defender as traves rubro-negras e iniciará a Série B como titular, mas tem uma sombra dentro do clube. Recuperado de cirurgia no joelho, Martín Rodríguez foi liberado esta semana pelos médicos para voltar a jogar. No ano passado, foi justamente o uruguaio quem tomou a posição de Ronaldo na 9ª rodada da competição. O estrangeiro assumiu o posto e só ficou fora do time nas 20ª e 21ª rodadas porque estava contundido.

LATERAL DIREITO

Apesar de ter quadro jogadores de origem disponíveis, ainda não dá para dizer que um deles é o titular absoluto da lateral direita rubro-negra. A irregularidade de Van e Jonathan Bocão no primeiro trimestre do ano fez com que o clube contratasse Léo, mas ele não ganhou a vaga durante os treinamentos que antecederam o retorno dos campeonatos. Titular em sete dos 10 jogos disputados até março, Van manteve o posto no recomeço da Copa do Nordeste, contra Botafogo-PB e Ceará. No entanto, não estará em campo na estreia da Série B. Ele e Léo estão lesionados e vetados. Por isso, Jonathan Bocão ganhará nova oportunidade e Wellisson será a oção no bancoo de reservas diante do Sampaio Corrêa.

ZAGUEIRO PELA DIREITA

Apesar de ter apresentado falhas nos dois jogos da Copa do Nordeste disputados após o recomeço do torneio, João Victor, 22 anos, é o zagueiro mais regular do Vitória e tem a titularidade assegurada. Ele é o único jogador do elenco que foi titular nas 12 partidas disputadas pelo time principal nesta temporada - nove pelo regional e três pela Copa do Brasil. As outras opções para o lado direito da zaga são Gabriel Furtado, Matheus Morais e Carlos, que se recupera de cirurgia e não está à disposição no momento.

ZAGUEIRO PELA ESQUERDA

O lado esquerdo da zaga rubro-negra tem nome e sobrenome: Maurício Ramos. Com 35 anos, ele é um dos mais experientes do grupo e um líder dentro dele. Só ficou fora do time quando esteve machucado, contra Ceará, pela Copa do Brasil, e River, na Copa do Nordeste, antes dos campeonatos serem paralisados por causa da pandemia de coronavírus. Com uma lesão na panturrilha, sofrida no dia 25 de julho, o capitão está fora da estreia na Série B, contra o Sampaio Corrêa. John e Nuno são os zagueiros canhotos no elenco.

LATERAL ESQUERDA

Essa é a posição mais consolidada do time. Desde que chegou à Toca do Leão, durante a Série B do ano passado, Thiago Carleto não deu brecha para nenhum concorrente. O lateral esquerdo de 31 anos é titular absoluto e um dos líderes do elenco. Tem papel importante fora e dentro das quatro linhas. É o garçom do time na temporada, com cinco assistências, e o homem da bola parada. Os dois gols que marcou este ano foram em cobrança de falta. Rafael Carioca é o reserva da posição.

PRIMEIRO VOLANTE

Um dos jogadores mais jovens do elenco do Vitória, Guilherme Rend desbancou alguns veteranos no começo da temporada e se firmou no time. O volante de 21 anos foi titular em 11 das 12 partidas disputadas pela equipe principal do Leão este ano. Rend só desfalcou o Vitória por suspensão, contra o Lagarto-SE, na segunda fase da Copa do Brasil. Todos os outros jogadores que passaram pelo meio-campo perderam espaço em algum momento por lesão ou opção técnica.

SEGUNDO VOLANTE

Fernando Neto foi o jogador que mais rendeu nessa posição e é onde já revelou se sentir mais à vontade para atuar. Porém, por uma carência do elenco, foi utilizado mais avançado, sendo o principal responsável pela ligação entre defesa e ataque em quatro partidas, contra Freipaulistano, CRB, Botafogo-PB e Ceará. Rodrigo Andrade e Jean também já foram escalados como segundo volante na temporada.

MEIA

É a posição mais carente do elenco nesta temporada e nenhum jogador a conquistou de verdade até agora. O experiente Gerson Magrão, 35 anos, não conseguiu se firmar como titular, assim como as jovens promessas Eduardo, 20, e Matheus Tenório, 21. Eles eram as únicas opções de meias do grupo e viram o volante Fernando Neto fazer a função nos dois jogos da Copa do Nordeste, contra Botafogo-PB e Ceará, ambos disputados após o recomeço do torneio regional. A esperança do clube está depositada em Marcelinho, 35 anos, repatriado após nove anos defendendo o Ludogorets Razgrad, da Bulgária. Já está regularizado e disponível para enfrentar o Sampaio Corrêa se Bruno Pivetti quiser.

PONTA DIREITA

A ofensividade pelo lado direito do campo é com Vico. Ele foi um dos destaques do time nos três primeiros meses do ano, quando marcou três gols com a camisa vermelha e preta. O atacante teve atuação apagada na reestreia do Leão na temporada, no empate em 1x1 com o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, e na sequência precisou passar por um procedimento para retirar um furúnculo no joellho, o que o levou a ficar fora dos treinamentos na semana passada, mas já está recuperado e apto para reforçar o Leão na estreia da Série B.

PONTA ESQUERDA

Autor de cinco gols, Alisson Farias é o artilheiro do Vitória na temporada e o dono do ataque no lado esquerdo do campo. O atacante de 24 anos é soberano e titular absoluto da posição. Ficou fora dos confrontos contra Bahia, Imperatriz e Freipaulistano, todos por contusão.

CENTROAVANTE

No começo da temporada, Léo Ceará era o dono da posição e formava o trio de ataque titular com Vico e Alisson Farias. Autor de três gols, o centroavante foi afastado do elenco no dia 3 de julho e está treinando separado desde então. A medida foi adotada pelo clube para pressionar o atacante a renovar o contrato e impedir que ele saia de graça no final do ano, quando termina o vínculo do jogador com o Vitória - atualmente, ele já pode assinar pré-contrato com outra agremiação.

Com a ausência de Léo Ceará, Jordy Caicedo assumiu a titularidade no recomeço das competições. Apesar de ter marcado o gol do empate em 1x1 com o Botafogo-PB, o equatoriano por muitas vezes apresenta falhas técnicas e ainda busca se consolidar na posição. Titular em seis dos 10 jogos que disputou, Junior Viçosa não encantou. Vice-artilheiro do Leão na temporada, com quatro gols, Eron briga por espaço. Compõe elenco o garoto Samuel, que ainda não estreou como jogador profissional.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree