-->

Embaixador da Geórgia inaugura a exposição “Diversidade Cultural e Patrimonio da UNESCO na Geórgia” no CCBB

16 Novembro 2019

No dia 14 de novembro, foi aberta, no Centro Cultural Banco do Brasil a exposição entitulada “Diversidade Cultural e Patrimônio da UNESCO na Geórgia”. A exposição foi organizada pela Embaixada da

Geórgia na República Federativa do Brasil, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e pelo Centro Cultural Banco do Brasil.


Ao longo de seus séculos de existência, a Geórgia sempre foi um exemplo impressionante de coexistência pacífica, onde representantes de diferentes etnias, culturas e religiões coexistiam. Tudo isso se reflete na vida social do país e na formação de diversas culturas, arquitetura e folclore, alfabeto e culinária, que são um tesouro valioso do país.


É um fato que a coexistência harmoniosa de etnias e religiões na Geórgia existe há séculos. Portanto, graças à sua própria história, a Geórgia ganhou a reputação de uma das sociedades mais tolerantes do mundo.


A exposição “Diversidade Cultural e Patrimônio da UNESCO na Geórgia” representa uma coleção desses valores que foram criados e formados ao longo dos séculos como um símbolo de uma cultura tolerante e de uma sociedade tolerante.
Também inclui objetos listados pela UNESCO de locais materiais ou imateriais do Patrimônio Mundial, marcos que a população multiétnica do país construiu por forças unidas. Esta é uma prova clara de que a palavra “tolerância” tem um significado real na Geórgia e tem sido parte integrante da comunidade humana.


O fato de a exposição ter sido organizada neste momento não é apenas uma coincidência, visto que em 16 de novembro o mundo marca o dia da tolerância.


Isso se origina na assinatura da Declaração de Princípios de Tolerância da UNESCO, em 1995, em Paris. De acordo com a Declaração, os países devem adotar medidas apropriadas para promover a tolerância na sociedade, pois não é apenas um princípio essencial, mas sem ela a paz é impossivel, o que é um elemento essencial dos valores e desenvolvimento democráticos.


Vale ressaltar que, na atual Geórgia, esse princípio é inalterado, porque, apesar da escassez territorial, os muitos grupos étnicos do país continuam vivendo em harmonia. É assim que o país evoluiu até hoje e também é o caminho para seu futuro brilhante.


Os visitantes poderão assistir à exposição no Centro Cultural Brasileiro até 30 de novembro de 2019.

COMPARTILHE ESSA PUBLICAÇÃO
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree