-->

Neste feriado, 75 pessoas morreram em rodovias de todo o Brasil

18 Novembro 2019

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, no domingo (17/11/2019), a mobilização especial montada para o fim de semana prolongado em decorrência do feriado da Proclamação da

República (15/11/2019). Em quatro dias de operação, a corporação flagrou milhares de condutores dirigindo embriagados e apreendeu várias toneladas de droga. Ao todo, 75 pessoas pelo país perderam a vida em acidentes.

Foram flagrados 1.664 condutores que haviam consumido bebida alcoólica antes de assumir o volante. Desse total, 486 tiveram a alcoolemia constata pelo teste do bafômetro e 147 pessoas acabaram detidas. Mais de 60,3 mil motoristas tiveram que se submeter ao teste.

Mais sobre o assunto

Com relação a ultrapassagens indevidas, seja em local proibido ou forçadas, os agentes da PRF notificaram 6.214 veículos realizando manobra perigosa. O número não inclui, por exemplo, os 238 motoristas flagrados ao telefone celular enquanto dirigiam, ou os 1.112 motociclistas que rodavam sem capacete.

Ainda houve o registro de 1.734 condutores sem cinto de segurança e mais de 2 mil passageiros que também não estavam com o equipamento. O feriadão deixou um saldo de 863 acidentes nas rodovias federais que cortam o país. E 1.040 pessoas saíram feridas, além de 75 terem perdido a vida.

Tráfico de drogas

Durante os quatro dias de operação, entre quinta-feira e domingo, as equipes da PRF detiveram 689 pessoas por diversos crimes. 42 foram pelo crime de tráfico de drogas e 160 por diferentes crimes de trânsito.

Foram apreendidos 182,7 quilos de cocaína, quatro toneladas de maconha e 90 mil pacotes de cigarros contrabandeados. Os policias recuperaram ainda 64 veículos com alerta de roubo ou furto e outros 45 com sinais de adulteração.


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 1413 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree