-->

Ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes é alvo da Lava Jato

19 Novembro 2019

do Paraguai Horacio Cartes (foto em destaque).

Ele tem mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Carter é acusado de ter ajudado na fuga de Dario Messer, considerado o doleiro dos doleiros.

A ação ocorre em Búzios, São Paulo e Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai. Ao todo, são 37 mandados expedidos por Bretas, sendo 16 de prisão preventiva; três de temporária; e 18 de busca e apreensão.

Denominada Patron, a ação investiga não só Horacio Cartes, mas o grupo que deu apoio à fuga e à ocultação de bens de Dario Messer. O doleiro Najun Azario Flato foi preso no âmbito da operação.

Mais sobre o assunto

Segundo a PF, o nome Patron, patrão em espanhol, é o termo que Dario Messer utilizava para se referir a Cartes. O doleiro foi preso no fim de julho, em São Paulo, em uma ação coordenada da Polícia Federal e da Procuradoria da República.

As investigações identificaram que Dario Messer ocultou cerca de R$ 20 milhões. Deste montante, mais de R$ 17 milhões teriam sido alocados em um banco nas Bahamas, e o restante, pulverizado no Paraguai entre doleiros, casas de câmbio, empresários, políticos e uma advogada.

Os investigados que moram no Paraguai e nos Estados Unidos terão seus nomes incluídos na Difusão Vermelha da Interpol, por decisão judicial, conforme a Polícia Federal. A operação é realizada pela PF em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita.

Com informações do Estadão


Em breve novidade aqui!!!

Outras Categorias

Quem Somos

Usuário(s) Online

Temos 1306 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree