-->

Apresentador responde jornalista e diz que não ridicularizou homem que se matou

18 Novembro 2019

Parece que a polêmica envolvendo Marcão do Povo, que aconteceu na última terça-feira (12), voltou a se tornar assunto na mídia. Isso porque, na manhã desta segunda-feira (19), o apresentador do

“Primeiro Impacto”, do SBT , se pronunciou sobre o ocorrido.

Leia também: Depois de ser debochado em jornal do SBT, homem é achado morto

Reprodução/Instagram
Marcão do Povo


Durante uma reportagem sobre um homem que tentou se matar, apontou: “Você ganhou um par de chifres, não foi asas para voar. Você não é o único corno do Brasil, fique tranquilo. Chifre é que nem consórcio: a qualquer momento você é contemplado”. Horas depois, em sua residência, o homem em questão foi encontrado morto após cometer suicídio.

Leia também: Silvio Santos para Dudu Camargo: “Me disseram que você gosta mais de pinto”

Procurado por , o afirmou que o jornalista publicou mentiras sobre ele e que o colunista “jogou o povo contra ele”. Além disso, Marcão ainda se defendeu das acusações de ter ridicularizado o homem.

“Eu fiz foi dizer que ninguém pode tirar a vida por conta de uma desilusão amorosa. Pedi para que não fizesse nada. Que ele se apegasse em Deus”, declarou. “Ele estava separado como fiquei sabendo e pegou a mulher o traindo. Tentou tirar a vida várias vezes. Até que conseguiu. Por conta da mulher, que era seu grande amor, mas o colocou para fora de casa. Agora eu tenho culpa até disso?”, questionou.

Leia também: Marcão do Povo é denunciado pelo MP por injúria racial contra Ludmilla

Ao fim da conversa, afirmou que Mauricio Stycer deveria se desculpar, mas não com ele. “Você precisa pedir desculpas não para mim, mas para Deus”, encerrou.


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 618 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree