-->

EUA pressionam Brasil para vetar entrada da Huawei no mercado do 5G

19 Novembro 2019

Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro recebe placa do presidente-executivo da Huawei no Brasil, Yao Wei


data-mce-bogus="1"/>

PublicidadePublicidade

Ao longo de todo o ano de 2019, os se mostraram contrários à qualquer tipo de expansão da . A postura norte-americana não é diferente quando se trata de ações da empresa no . Por isso, o governo dos EUA intensificou o lobby contra a entrada da empresa no mercado brasileiro do . .

e seus representantes têm aproveitado reuniões com autoridades brasileiras para levantar preocupações sobre a segurança dos equipamentos da , que estariam, segundo eles, suscetíveis a ataques cibernéticos ou espionagem.

Leia também: Quando o 5G chega ao Brasil? Anatel adia abertura de edital mais uma vez

Pensando nesse tipo de postura por parte do governo americano, o novo presidente-executivo da no Brasil, , se encontrou com o presidente no Planalto, na última segunda-feira (18).

Como resposta, os americanos fizeram chegar a auxiliares do presidente brasileiro o recado de que o aprofundamento da parceria na área de defesa depende de garantias de que as telecomunicações usadas pelo Brasil sejam confiáveis.

A é hoje a principal fornecedora de equipamentos de rede de telefonia no mundo, e protagonista no avanço da rede .

Leia também: Huawei produz 5G sem componentes americanos

Em nota, o governo americano afirmou que a entrada dos chineses nessa área traz diversas “implicações de “. “Permitir equipamentos de telecomunicações chineses em qualquer ponto de uma rede cria um risco inaceitável para a segurança nacional, infraestrutura, privacidade e direitos humanos”, afirmou a missão diplomática.

Na primeira visita oficial a , o executivo da garantiu que a empresa quer ser fornecedora para as redes 5G e que seus equipamentos são seguros.

Ontem (18) o governo americano estendeu a licença à por 90 dias, mas isso não foi suficiente para que os chineses se dessem por satisfeitos.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree