-->

Copa do Brasil: regulamento da 2ª fase diminui pressão sobre o Vitória, diz Toni Galego

17 Fevereiro 2020
17 de fevereiro de 2020
- Bernardo Barbosa

Curta, comente e compartilhe!

Nesta terça-feira (18) o Vitória pode escrever mais uma página histórica

em sua centenária trajetória. Pela segunda fase da Copa do Brasil, o time recebe o Figueirense-SC no estádio Salvador Costa. Após três tentativas (2007, 2010 e 2011), na quarta a equipe conseguiu avançar de fase pela primeira vez na competição nacional ao vencer o CSA-AL no último dia 6 de fevereiro.

Apesar do adversário também jogar a Série B do Campeonato Brasileiro e ter mais tradição no cenário nacional, para o atacante Toni Galego, o Alvianil de Bento Ferreira tem condições de conseguir mais uma classificação no torneio.

“Sem dúvida. Sabemos da qualidade da nossa equipe. Conhecemos também os métodos que o Figueirense possui. É uma equipe de Série B, tem a qualidade deles. Respeitamos também, mas, quando entra dentro de campo são onze contra onze. Temos a consciência e a confiança de que eliminamos o CSA. Também temos as totais condições de eliminar o Figueirense”.

Diferentemente da fase inicial, nesta segunda fase o Vitória tem dois resultados a seu favor. Além da vitória, se o time conseguir um empate, leva a decisão para as penalidades. Para Galego, isso pode fazer com que  o Vitória entre em campo menos pressionado.

“A gente sabe que se não der para ganhar, não perdemos porque tem os pênaltis. Diferentemente do que foi contra o CSA-AL, quando tínhamos que ganhar o jogo de qualquer jeito. Quando você joga sabendo que, se não der para ganhar, você tem os pênaltis, acaba que dá uma aliviada. Principalmente no final do segundo tempo. Você não pode se precipitar, ir pra cima e perder o jogo.  Vamos lutar para vencer até a reta final, mas se chegarmos no fim do segundo tempo e a equipe não estiver vencendo, o importante também é não perder”, concluiu.

A bola rola para Vitória e Figueirense-SC nesta terça-feira (18), às 21h30, no estádio Salvador Costa, em Bento Ferreira. O técnico Rodrigo Fonseca deve mandar a campo o time que bateu o CSA-AL, mas com uma troca na lateral direita pela expulsão de Cássio no jogo diante dos alagoanos.

Portanto, a provável escalação tem Harrison, Thainler, Ferrugem, Léo Breno e Jeferson; Igor Pimentel, Lucas Barboza e Rodrigo César; Jarles Baiano, Edinho e Toni Galego.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree