-->

Como a acupuntura pode ajudar quem sofre de lombalgia?

17 Fevereiro 2020
17 de fevereiro de 2020
- Bianca Coutinho

Curta, comente e compartilhe!

A dor nas costas se tornou uma das maiores justificativas para

faltas no trabalho em países industrializados.

Isso só prova como a lombalgia, termo médico para o incômodo sentido na região da lombar, é nociva e pode prejudicar imensamente a vida de qualquer um.

Não à toa, métodos e formas de aliviar a dor estão sendo cada vez mais procurados pela parcela da população que sofre com o problema frequentemente.

Aliada à fisioterapia e ao alongamento constante da coluna, a acupuntura é uma técnica que ganha muito destaque neste tratamento, após os médicos identificarem os motivos que levaram à doença.

Um dos grandes fatores geradores da lombalgia é a falta de exercício físico. Outro é sobrecarregar a coluna com qualquer peso exagerado.

Por outro lado, uma lombalgia crônica pode ser sinal de hérnia de disco, artrose ou até mesmo problemas emocionais – como ansiedade e estresse.

Portanto, deve ser tratada com seriedade. Por isso, o paciente não deve recorrer à automedicação, em especial, de analgésicos, diante de alguns dos sintomas abaixo:

  • Dores persistentes na região da lombar.
  • Incômodo frequente, independente da posição.
  • Câimbras e formigamento nos membros inferiores.
  • Dores nas pernas ou pés.
  • Dificuldade para se abaixar ou realizar outros movimentos simples.

Se houver persistência desses sintomas, o próximo passo é procurar acompanhamento médico para que possa ser feito o diagnóstico correto e descobrir o que está causando a condição.

Após determinada a causa da lombalgia, o paciente poderá buscar o tratamento adequado – como repouso, fisioterapia, pilates e, como mencionado, a acupuntura.

A acupuntura é uma técnica milenar muito indicada no tratamento de dores localizadas.

A inserção de finas agulhas em pontos específicos do corpo do paciente provoca a liberação de substâncias responsáveis por um efeito relaxante e analgésico. Há vários estudos comprovando a eficácia do método no tratamento da lombalgia.

“A acupuntura é uma opção para pacientes que sofrem de dores lombares e que não se recuperaram com outros tratamentos. Pode ser realizada junto à fisioterapia e ao uso de medicamentos, já que ajuda a relaxar a musculatura, permitindo uma melhor recuperação da dor”, afirma o médico Marcus Yu Bin Pai, especialista em dor pela USP.

Além disso, a técnica também pode ser responsável por diminuir alguns efeitos colaterais da lombalgia – como, por exemplo, limitação de movimentos e ansiedade acentuada.

Outro ponto interessante do método é que, por não ser agressivo, pode também ser aplicado em idosos e gestantes – que são grupos com tendência a lombalgia, seja pela fraqueza na musculatura ou pelo aumento de peso repentino na região abdominal, respectivamente.

Os pacientes não podem esquecer que, assim como qualquer outro tipo de intervenção, é de extrema importância garantir que o procedimento seja realizado por um profissional qualificado.

Mesmo sendo um método não invasivo, se não for feita da maneira apropriada, a acupuntura pode causar danos no corpo do paciente. E até transmitir doenças, se o material utilizado não for propriamente esterilizado. Por isso, é importante ter bastante cuidado na escolha da clínica de acupuntura.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree