-->

Nacional do MDB mantém cancelamento de convenção no Estado

20 Fevereiro 2020

Decisão da presidência nacional do MDB divulgada na tarde desta quarta-feira (19) confirma o cancelamento da convenção do MDB que estava marcada para o último domingo (16) para

escolher os integrantes da Executiva, além de prorrogar o mandato dos membros da comissão provisória estadual, mantendo o mandato do atual presidente, Lelo Coimbra.

A medida torna sem efeito a votação desautorizada realizada pelo ex-deputado federal Marcelino Fraga juntamente com o deputado estadual José Esmeraldo, que disputa o comando do partido no Estado com Lelo.

Os dois promoveram a votação em praça pública, em urnas improvisadas. Apesar desse procedimento, considerado irregular, Marcelino, que se autoproclamou presidente estadual do partido, afirmou a Século Diário que irá pedir a homologação da eleição na Justiça.  

A suspensão da eleição prorroga, mais uma vez, a disputa entre Lelo Coimbra, de um lado, e Marcelino Fraga e José Esmeraldo, de outro. Depois da eleição improvisada, veio à tona o processo de expulsão dos dois, em vias de instrução em Brasília. 

“Não existe nada disso, o processo foi arquivado”, retruca José Esmeraldo ao saber da informação que circula nos bastidores, e arremata: “Nossa eleição foi feita de forma legal”.  

Essa não é, porém, a visão da Nacional. Ato assinado pelo presidente do partido, Baleia Rossi, pontua que “não é aceitável a realização de uma eleição comprometida, sub judice, e, principalmente, sem a certeza de quem e quantos seriam os votantes. A insegurança jurídica é patente”. 

Mais adiante, determina. “Por isso, mais uma vez, ainda não havendo condições mínimas para que seja realizada Convenção no MDB-ES para eleição do seu órgão definitivo, impõe-se a ratificação do ato praticado pela Comissão Provisória Estadual, e volto a dizer que a renovação no MDB-ES, se realmente for importante para a sobrevivência do partido, deve ocorrer democraticamente, por meio do voto”.

Para conduzir o MDB no Espírito Santo pelos próximos 90 dias, fica nomeada a Comissão Provisória com a seguinte composição: Welington Coimbra (Lelo), presidente, Francisco Carlos Donato Júnior, Chico Donato, secretário, José Maria Pimenta, tesoureiro, e Luzia Toledo, Hércules Silveira, André Garcia e Guerino Zanon como membros. 


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree