-->

Covid-19: Linhares decreta situação de calamidade pública

31 Março 2020
31 de março de 2020
- Redação Multimídia ESHOJE

Curta, comente e compartilhe!

O Governo Municipal decretou estado de calamidade pública em Linhares no qual ficará vigente até o dia 31 de julho de 2020, em razão dos impactos socioeconômicos e financeiros decorrentes da pandemia do . O decreto tem aplicação imediata e foi aprovado pela Câmara Municipal de Linhares em sessão ordinária dessa segunda-feira (30).

Para que tais atos de agilidade e ampliação dos recursos se viabilizem, a situação de calamidade também prevê a suspensão dos termos da Lei de Responsabilidade Fiscal para o período de vigência do documento. O decreto de calamidade pública também permite a contratação de servidores temporários para Saúde, bem como remanejamento de recursos para área.

“Desde a primeira notificação em Linhares, temos trabalhado intensamente na prevenção ao novo coronavírus. Nossa dedicação é integral ao acompanhamento da situação e na definição de novas medidas diariamente. Hoje, decretamos situação de calamidade para garantir que todos os esforços possam ser direcionados à saúde da nossa população”, destaca o prefeito Guerino Zanon.

A Prefeitura de Linhares, já anunciou em todos os canais de comunicação, inclusive na imprensa, diversas medidas restritivas que foram tomadas como forma de conter o avanço do vírus no Município, dentre elas, cita-se:

  • Fica assim proibido o funcionamento do comércio em toda a Linhares. A exceção são os estabelecimentos que vendem produtos ou prestam serviços essenciais, como padarias, supermercados e farmácias.
  • As escolas também permanecem fechadas, sem aulas, assim como a Faculdade de Ensino Superior (Faceli). Equipamentos culturais e eventos oficiais também foram suspensos.
  • Quanto ao transporte, os ônibus municipais só poderão rodar com metade da capacidade. Aqueles que trafegam dentro das cidades e os rurais, terão que respeitar a capacidade de lotação de passageiros sentados e adotar uma série de medidas sanitárias.
  • A entrega de mais de 25 mil kits de merenda para todos os alunos matriculados na rede municipal de ensino visando a segurança alimentar dos estudantes.
  • A estruturação de quatro unidades de saúde em plantão 24 horas para atender pacientes com suspeitas e sintomas do coronavírus. São elas: Caic (Interlagos), Planalto, Bebedouro (interior) e a UPA 24 horas que foi transformada numa Unidade Sentinela.
  • Sempre reiterando a importância da colaboração de todos os linharenses, o prefeito fez um apelo à população. “Todos que puderem, fiquem em casa. E, mesmo dentro de casa, higienizem os espaços e a si próprios, para evitarmos o contágio. Estamos juntos e vamos superar juntos. Vai dar saudade de abraços e de carinho, mas é melhor termos saudades de abraços e de carinhos do que das pessoas que podemos perder”, afirmou.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree