-->

Detran divulga lista de selecionados da 1ª fase do CNH Social 2020

31 Março 2020
31 de março de 2020
- Danieleh Coutinho

Curta, comente e compartilhe!

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulgou nesta terça-feira (31), às 12h, o resultado dos selecionados na primeira fase do programa CNH Social 2020. A lista com os nomes dos 2.500 beneficiados está disponível no site www.detran.es.gov.br. Confira

Foi enviada para os celulares e e-mails de todos os contemplados uma mensagem informando que foram selecionados e que em breve receberão as orientações sobre os procedimentos para dar andamento ao processo de habilitação. O programa CNH Social está suspenso por tempo indeterminado, conforme Instrução de Serviço do Detran|ES e Decretos Estaduais que dispõem sobre o estado de emergência em Saúde Pública no Espírito Santo.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, tranquiliza os candidatos e afirma que essas vagas estão garantidas. “Tivemos que suspender o programa CNH Social temporariamente devido às medidas adotadas para prevenção à transmissão do novo Coronavírus, mas garantimos que não haverá prejuízos aos beneficiários. Assim que voltarmos à normalidade, conforme decisões formalizadas pelo Governo do Estado, daremos todas as informações necessárias para que quem foi selecionado possa dar andamento ao seu processo de habilitação. E pedimos aos candidatos que aproveitem essa oportunidade, já que a habilitação representa uma chance a mais para o mercado de trabalho”, disse.

Mais oportunidade
Para aqueles candidatos que não foram selecionados nessa lista, haverá uma nova oportunidade de ser contemplado. Será divulgada, no site do Detran|ES, com data ainda a ser definida devido às medidas de combate ao Coronavírus, uma chamada única de suplentes. O objetivo é preencher as vagas remanescentes após desclassificação de candidatos que não respeitarem prazos estabelecidos no processo de Habilitação. No ano passado, 1,2 mil suplentes foram chamados nas duas fases do programa.

O órgão reforça que aquelas pessoas que não conseguiram se inscrever terão nova oportunidade na segunda e terceira fases e destaca que não é necessário se dirigir aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou ao Detran|ES neste momento.

Os candidatos inscritos foram selecionados segundo os critérios previstos no Decreto Estadual Nº 4423-R, de 03 de maio de 2019, que considera menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoas Portadoras de Deficiência (PCD), foram contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

Perfil dos inscritos

As inscrições foram encerradas na última quarta-feira (25) e atraíram 31.606 interessados para as 2.500 vagas abertas nesta primeira fase do programa em 2020. Do total de inscritos, 16.749 candidatos são do interior do Estado e 14.857 são de municípios da Grande Vitória.

No interior, o maior número de inscritos foi, em ordem crescente, em São Mateus (2.373), Linhares (1.676), Aracruz (1.450), Cachoeiro de Itapemirim (1.098) e Conceição da Barra (776). Já na Grande Vitória, o município da Serra liderou o número de inscrições com 4.070, seguido de Cariacica (3.600), Vitória (3.049), Vila Velha (2.312) e Guarapari (947).

Quanto aos processos de habilitação procurados, 27.185 pessoas se inscreveram com o objetivo de tirar a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro). Dos condutores já habilitados, 2.842 se inscreveram para fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) e 1.579 para a adição de categoria A ou B.

As mulheres correspondem a 70,27% do total de inscritos, com 22.210 interessadas em participar dos processos de habilitação. Do total de inscritos, 33,13% têm entre 18 e 24 anos e 28,88% têm entre 30 e 39 anos.

Serão investidos quase R$ 7,5 milhões em 2020 para possibilitar o acesso à carteira de habilitação de forma gratuita a pessoas de baixa renda que residem em municípios capixabas, proporcionando mais oportunidades para os beneficiários. Lançado em 2011, o CNH Social oferece formação, qualificação e habilitação profissional para condutores de veículos com vistas à possibilidade de ingresso no mercado de trabalho. Até 2022, serão oferecidas 25 mil carteiras de habilitação gratuitamente pelo programa.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree