-->

Justiça nega liberdade para assassino do ex-senador Gerson Camata

01 Abril 2020
1 de abril de 2020
- Danieleh Coutinho

Curta, comente e compartilhe!

O Superior Tribunal de Justiça negou na tarde desta terça-feira (1) o Habeas Corpus pleiteado pela defesa de Marcos Venicio Moreira Andrade, acusado da morte do ex governador Gerson Camata. A defesa do acusado pedia a liberdade do réu e, ainda, solicitava a prisão domiciliar em virtude do risco causado pela pandemia do Covid-19.

Ao apreciar ambos os pedidos, o ministro Sebastião Reis Júnior não apenas negou as solicitações da defesa como acrescentou que o eventual prisão domiciliar deve ser solicitada à Justiça em primeira instância. Cabe recurso dessa decisão.

O advogado Ludgero Liberato, que representa a família da vítima, considerou a decisão do juiz irretocável do ponto de vista técnico e acrescenta que está confiante de que o juri será realizado no menor prazo possível.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree