-->

Banestes alcança resultado positivo de R$ 83 milhões no primeiro trimestre do ano

26 Mai 2020
26 de maio de 2020
- Redação Multimídia ESHOJE

Curta, comente e compartilhe!
Foto: Divulgação

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes S.A.) obteve lucro líquido de R$ 83 milhões no primeiro trimestre do ano – janeiro, fevereiro e março de 2020, crescimento de 30,2% quando comparado ao mesmo período de 2019. O resultado foi divulgado ao público, nesta terça-feira (26), no portal oficial do Banco e nos sites da CVM e da Bolsa de Valores.

A margem financeira avançou 24,6% e o resultado operacional da Instituição elevou-se em 51,2%, o que demonstra a boa capacidade de retenção de lucratividade na atividade comercial e a eficiência gradativa na gestão de custos na operação bancária. O lucro líquido por ação chegou a R$ 0,26 no período, e a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROE) foi de 15,1%.

Sob a forma de juros sobre capital próprio, foram destinados ao acionista controlador, o Estado do Espírito Santo, a quantia de R$ 18,6 milhões, valor este aplicado conforme as prioridades de investimentos definidas no orçamento estadual. O bom desempenho do Banestes se reflete, portanto, em ganhos para a sociedade capixaba.

O anúncio do resultado acontece em meio ao cenário de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, ressalta que o todo o esforço e atividades do Banco neste momento têm como foco e atenção atender à população capixaba com a oferta de soluções financeiras em prol da diminuição dos impactos negativos causados pela pandemia.

“Estamos sempre ao lado dos capixabas. Neste momento tão delicado, o Banestes está focado em atender às demandas da população capixaba, de forma a contribuir com a manutenção do desenvolvimento econômico do Estado. Ofertamos, desde o início da pandemia, linhas de crédito com condições diferenciadas e outras soluções financeiras, com condições exclusivas no mercado atual, como os até 180 dias para reparcelamento de créditos. O Banestes já alcançou o patamar de mais de R$ 1 bilhão em concessões de crédito desde o início do ano para auxílio dos setores produtivos”, destaca Amarildo Casagrande.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree