Sexta, 04 Setembro 2020 19:28

Vitória e Serra entram em Risco Baixo; comércio e bares podem abrir sem restrições de horários

A partir de segunda-feira (7) um novo Mapa de Gestão de Risco para o entra em vigor. Com a nova atualização, Vitória e Serra, na região Metropolitana, migram para Risco Baixo,

e a partir disso, o funcionamento do comércio, bares, restaurantes e academias passam a funcionar sem restrições de horários e dias da semana.

Diante disso, o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), destaca que “risco baixo não é ausência de risco”. “Estamos evoluindo, o que exige um cuidado e atenção de todos nós — da administração pública, individualmente com nossa famílias — e evitar aglomerações. As orientações continuam as mesmas”.

Com isso, Casagrande faz um apelo aos donos de restaurantes, bares e similares. “Peço que abram com cautela a partir de segunda e orientem seus cliente que tenham disciplina para não termos que dar um passo atrás”, disse.

Além dos dois municípios, mais 26 também estão em Risco Baixo, 48 em Risco Moderado e dois em Risco Alto, sendo São Mateus e Ibatiba. A partir disso, Piúma, na região Sul do estado, sai de Risco Alto e migra para Moderado.

Comparativo semanal do Mapa de Risco —(Foto: Reprodução/YouTube)

De acordo com o Coronel Cerqueira, Vitória e Serra apresentaramum nível leve da ameaça a partir dos indicadores que produzem o Mapa de Gestão de Risco.

“Vitória tem 251 casos ativos nos últimos 28 dias e Serra 354 casos ativos. Isso deixa os dois em nível leve em casos ativos nos últimos 28 dias. Em relação à testagem pro mil habitantes, Vitória tem 104 e Serra 78, sendo que a partir de 66 que é a testagem que adota o nível do Brasil. No estado, Vitória está com média móvel de mortes em 0,79. Nos últimos 14 dias foram 11 óbitos. A Serra com a média móvel em 1.14, com 16 óbitos nos últimos 14 dias”, explicou.

Por dia são registrados no Espírito Santo, em média, 14 óbitos em decorrência do . Nesta sexta-feira (4), em atualização do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o estado registrou mais 941 casos do novo coronavírus e 14 óbitos em decorrência da doença.

Plano de Retomada das Aulas Presenciais

(Foto: Xinhua)

Com as atividades suspensas até o próximo dia 30 de setembro e sem data definida para o retorno do funcionamento presencial das escolas, por conta da pandemia, o Governo do Estado divulgou também nesta sexta o Plano de Retomada das Aulas Presenciais para a Educação Básica nas escolas da Rede Estadual para consulta pública a partir deste sábado (5). A população tem até o dia 14 de setembro para manifestar as opiniões.

“Temos uma expectativa de retorno das aulas e, por isso, nós, como gestores da educação, temos nos planejado. Como Rede Estadual, precisamos estruturar um plano de retorno. É importante dizer que o plano não é um anúncio de volta, mas são medidas de segurança para, quando houver um retorno, tudo seja feito com segurança”, disse o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo.

O Plano prevê o retorno às aulas presenciais das escolas públicas estaduais, em regime de revezamento semanal, gradual e em etapas, no contexto de pandemia da, para fins de prevenção e controle da transmissão do enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública.

Curtir isso:

Ler 4 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.