Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Sábado, 05 Setembro 2020 17:15

Suspeito de entregar drogas usando motoristas de app é preso em Guarapari

A equipe da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Guarapari prendeu um homem de 26 anos suspeito de integrar um grupo que traficava drogas na região.

    678w, https://eshoje.com.br/wp-content/uploads/2020/09/Droga-por-app2-Polícia-Civil-Divulgação-199x300.jpg 199w" sizes="(max-width: 678px) 100vw, 678px"/>
Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A prisão ocorreu na sexta-feira (4), no bairro Santa Margarida. Uma operação foi feita no bairro, para averiguar informações de que traficantes estariam comercializando drogas ilícitas por meio de entrega em domicílio (delivery).

Durante as buscas, dois homens foram flagrados preparando drogas para venda. O suspeito de 26 anos e o outro, 35, fugiu.

Em depoimento, o suspeito preso afirmou que atua na preparação e custódia de drogas ilícitas e que o grupo criminoso se vale de motoristas de aplicativos para promover entregas de drogas em domicílio, sem ter ponto fixo de comercialização.

“O rapaz que foi detido alega que vinha guardando aquelas drogas e ajudando no envase delas, recebendo R$ 50 por semana e de cinco a dez gramas de maconha por contraprestação. Ele identificou o infrator para o qual ele guardava essas drogas e agora estamos buscando a decretação da prisão do efetivo titular das drogas”, afirmou o titular da Denarc, delegado Guilherme Eugênio.

As buscas resultaram na apreensão de aproximadamente 190 gramas de skank, 390 gramas de haxixe, 400 gramas de cocaína de elevado teor de pureza, uma barra grande e três menores de maconha, uma balança, material para envase e 50 munições de revólver calibre 38.

O homem detido foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, e encaminhado ao sistema prisional. O suspeito que fugiu foi identificado como o chefe da organização criminosa, sendo investigado pela polícia há, pelo menos, oito anos. As investigações prosseguem com o objetivo de localizar este e outros envolvidos.

A população pode auxiliar com informações por meio do Disque-denúncia 181. O sigilo é garantido. Todas as informações recebidas são investigadas. As informações ainda podem ser enviadas por meio do site disquedenuncia181.es.gov.br.

Curtir isso:

Ler 17 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.