Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Terça, 08 Setembro 2020 02:00

Nos 469 anos de Vitória conheça as ilhas da Ilha

Ilha do Mel, Cidade Ilha, a capital do Espírito Santo completa 469 anos e quantas mudanças Vitória já passou…

O curso da história mexeu com a cultura, o comportamento da

população, o cotidiano do município e, principalmente, sua estrutura geográfica.

Estudos mostram que praticamente todos os limites de Vitória foram alterados pelas obras de engenharia de aterros, expandindo o sistema de circulação viária, áreas uso residencial e de órgãos públicos, espaços de lazer, além dos portos e aeroporto.

  • Vitória (Walter Closs)
  • Vitoria (Yuri Barichivich)
  • Ilha do Boi (Divulgação)
  • Ilha das Caieiras (Divulgação)
  • Ilha da Fumaça (Divulgação)

A capital aniversariante conta com 51 ilhotas, muitas sequer conhecidas pela população, enquanto quase 20 dessas já estão incorporadas e se tornaram bairros como as Ilhas do Boi, Frade, do Príncipe, Monte Belo, Santa Maria e das Caieiras. Além da própria Enseada do Suá. Outras, porém, sequer são conhecidas, como a “Dos Ovos”.

“Nunca ouvi falar. E olha que moro em uma das ilhas. Aqui em Santa Maria, vira e mexe, principalmente as crianças, tocam no assunto de como nosso bairro era cercado de água do mar. Quando chove e o nível da água sobe a ponto de trazer alagamento, essa questão volta a ser falada pelos meninos. A gente, na verdade conhece mais as ilhas que viraram bairro. Outras, como essa aí – Pedra dos Ovos -, ou a gente já ouviu falar ou sequer conhecemos”, afirmou a dona de casa Maria Adelaide Souza, de 62 anos.

A Pedra dos Ovos é uma formação em compacto bloco de granito, sofrivelmente oval, superposto a outro menor, em perfeito equilibro.

Lendas também não faltam quando o assunto são as ilhotas. Na da Pólvora, há quem diga que é mal assombrada, mas curiosos estão sempre por lá, principalmente praticantes de jogo de tiros.

Parabéns Vitória – 469 anos

Também conhecida como Ilha dos Leprosos, Ilha do Medo ou Ilha do Diabo, ela abrigou um hospital de isolamento para tratamento de lepra e outras doenças venéreas, no intuito de reduzir casos na região metropolitana.

A unidade hospitalar foi desativada na década de 90 e o edifício se transformou em ruínas, onde grupos capixabas e até de fora do Estado visitam para jogo de AirSoft.

Já em Camburi, seja de qualquer ponto, na direção do horizonte é possível ver a Ilha do Socó.

Comumente visitada por nadadores, ela fica a menos de mil metros da areia de praia saindo da altura do Clube dos Oficiais. Ali, somente, vegetação nativa.

Curtir isso:

Ler 13 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.