Sexta, 11 Setembro 2020 13:00

Pesquisa mostra preferência da população de Vila Velha para a vaga de prefeito

O prefeito de Vila Velha, Max Filho (PSDB), único candidato à reeleição entre os prefeitos da Grande Vitória, não se reelegeria, caso as eleições fossem hoje, de acordo com pesquisa realizada

entre eleitores residentes da cidade canela-verde, maiores de 16 anos. Esta pesquisa é a primeira de uma série que ESHOJE, em parceria com a Brand Pesquisas, realizará com os candidatos ao Executivo nos municípios da Grande Vitória.

Na pesquisa espontânea, as estatísticas mostraram que a esmagadora maioria dos eleitores, 83,5%, “não sabem ou ainda não escolheram” seus candidatos. Neste cenário, dentre os nomes lembrados, Max Filho é o primeiro, com 4,8% da preferência, seguido por Arnaldinho Borgo (Podemos), com 4,3% e pelo ex-prefeito Neucimar Fraga (PSD), com 2,5%. O deputado Doutor Hércules (MDB) aparece com 1% na espontânea.

Já nos cenários estimulados o panorama muda completamente. No primeiro cenário estimulado, com a presença de 10 candidatos, o prefeito Max Filho ficaria atrás de Doutor Hércules (24,3%), Neucimar Fraga (17,5%) e dos votos brancos e nulos, que somam 16,3%, só então aparecendo, na preferência de 15,5% do eleitorado.

Na avaliação do analista-chefe da Brand Pesquisas, Lucas Margotto, quem mais “ganha eleitores” quando se estimula a resposta é o Doutor Hércules. Quase 30% dos indecisos na menção espontânea mudam de opinião e o escolhem, ao se confrontar com os nomes sugeridos no cenário 1.

“É fato que a eleição ainda está distante do eleitor. A preocupação agora é com os efeitos da pandemia, do cotidiano que está mais difícil; é com o emprego, a economia e a saúde, enfim. Os eleitores, em sua esmagadora maioria, ainda não têm olhos para o pleito municipal. Isso vai acontecer lá na frente, em outubro. Por isso vemos uma alta indefinição do voto espontâneo neste momento”, argumenta Margotto.

Disputa entre atual e ex

No segundo cenário estimulado, com seis candidatos, incluindo Neucimar Fraga, e sem a presença de Doutor Hércules, o atual chefe do Executivo canela-verde estaria tecnicamente empatado com o ex-prefeito, que teria 25,3%, contra 24,3% de Max Filho. “Neste cenário, percebe-se uma migração de votos muito parelha do emedebista para Max Filho e Neucimar, e a disputa fica equilibrada entre o atual e o ex-prefeito”, analisa Margotto.

No terceiro e último cenário estimulado, também com seis candidatos, e que não conta com a presença de Neucimar Fraga, o Doutor Hércules aumenta a sua margem, com 33,8% da preferência do eleitorado, e Max Filho fica com 20,3%, seguido de votos brancos ou nulos (17,8%) e de Arnaldinho Borgo, com 12,8%.

“Neste cenário percebe-se que metade dos votos do ex-prefeito migra diretamente para Hércules, que se isola na liderança abrindo 14% pontos para Max Filho. Este último cenário, com seis candidatos testados, é bastante provável e sugere que a eleição em Vila Velha terá dois turnos. Tudo indica que Dr. Hércules será um dos que vai passar à próxima fase. Já os outros candidatos com menor intenção de votos (Adriano Rocha, Dalton Morais, Dr. Hudson Leal, Rafael Primo, Ricardo Chiabai e Nunes) terão mais dificuldade para se viabilizar eleitoralmente em tão pouco tempo”, avalia o analista-chefe da Brand.

Confira os gráficos da pesquisa:

Curtir isso:

Ler 13 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.