-->

Ex-maestro capixaba, agora, é acusado de ameaçar leitores

14 Setembro 2020

Na noite do último domingo (13), diversas pessoas afirmaram estar recebendo ameaças através das redes sociais após comentarem a repercussão do caso de denúncias de assédio contra o ex-maestro Leonardo David.

Segundo relatos, um perfil com o nome do músico enviou mensagens de cunho ameaçador a quem comentasse algo sobre ele.

A reportagem do ouviu, em primeira mão, , que já encaminharam as denúncias ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES). As denúncias resultaram na das Orquestras Sinfônica (Secult) e Camerata (Findes).

De acordo com a advogada que acompanha o caso, Renata Stefan, o músico teria enviado as mensagens selecionadas para um grupo específico de pessoas. “Ele mandou mensagens para nas redes sociais que tem alguma ligação com as vítimas do caso”.

A advogada afirmou que o perfil autor das mensagens com ameaças pertence, de fato. a Leonardo David. “O mesmo perfil foi marcado diversas vezes pelo Instagram oficial da Orquestra Camerata da Sesi-ES. Portanto, orientei que as pessoas registrassem boletins de ocorrência contra ele”.

A reportagem teve acesso a trechos de um boletim registrado junto á Polícia Civil do Espírito Santo. “Na madrugada deste domingo, recebi uma ameaça por meio de Instagram do maestro Leonardo David, sobre um comentário que fiz em uma publicação do Jornal ESHOJE a respeito dos casos de assédio moral e de cunho sexual acusados contra a pessoa dele, me ameaçando e causando perseguição”, relata o boletim.

Uma das mensagens coercivas enviadas pelo músico foi a seguinte: “Você está querendo ganhar seguidores fazendo comentários na matéria aqui do Instagram sendo que nada foi provado contra mim?”, indagou o ex-maestro a uma das pessoas que comentou a repercussão do caso na rede social.

Diversas mensagens como essas foram enviadas pelo ex-maestro entre a noite de domingo (13) e a madrugada desta segunda (14) Fotos: Divulgação

Em outra mensagem, o maestro garante que provará sua inocência. “Cuidado com o que a senhora posta nas redes sociais. Em breve minha inocência será provada”, afirma o perfil com o nome do ex-maestro.

Segundo Renata, se existe um processo criminal em curso, ameaças como essa podem resultar em prisão. “Configura em coerção de testemunhas e ameaça. Esse tipo de conduta só reforça a narrativa dos músicos”.

“Me impressiona a certeza que o ex-maestro tem da impunidade. Ele se sente no direito de ameaçar as pessoas. Esse tipo de reação é a causa mais comum de prisão em casos de denúncia”, afirma a advogada.

Repercussão na internet

Ao contrário de causar medo nas pessoas, as mensagens foram expostas nas redes sociais. “Fui ameaçada com essa mensagem hoje de manhã por expor minha opinião na publicação que está aqui nos prints, peço que repostem para que chegue em mais pessoas que sofreram intimidação desse homem. Maestro Leonardo David acusado de assédio moral e sexual”, relata uma publicação no Twitter.

Foto: Reprodução / Twitter

No Instagram, uma pessoa publicou um print da mensagem recebida com o seguinte relato: “Eu não temo a ninguém e não me calo diante de ninguém. O que eu penso eu falo quando acho que é necessário e pertinente. sr. Maestro, eu já lhe disse e repito: Não tenho medo de você e não lhe devo nada. Não me venha com ameaças, essa sua atitude só prova quem você de fato é! Não esqueça que te conheço, não é de hoje. Você sabe onde eu vivo e sabe onde eu moro”.

H. recebeu mensagens do músico e falou com a reportagem mas, por orientação jurídica, pediu para não ser identificado. “Sou músico e conheço algumas vítimas do caso. Fiz um comentário sobre a repercussão e, na madrugada desta segunda-feira (14), recebi uma mensagem de um perfil com o nome do Leonardo David. Perguntei se era uma ameaça, e a resposta dele foi que a mensagem era apenas um aviso”.

Apesar da mensagem, H. não se sentiu constrangido. “Não tive medo da ameaça. São mais de 100 pessoas que fizeram as denúncias e estou do lado deles”, afirma.

Músico alega que o perfil é falso

De acordo com o advogado Homero Mafra, que está defendendo Leonardo David, ele é vítima de um perfil falso. “O maestro sustenta que esse perfil não pertence a ele, que é fake. E, diante disso, nós vamos pedir a apuração desse fato: a criação de um perfil fake do maestro”, afirmou o advogado.

No primeiro momento, o advogado se negou a falar com a reportagem.

O perfil mostrado através dos prints está desativado. Porém, em uma postagem no dia 6 de agosto no perfil oficial da Orquestra Camerata Sesi-ES (), o perfil alegado como fake foi marcado e pode ser visto através .

O perfil @maestroleonardodavid foi marcado diversas vezes pelo perfil oficial @cameratasesi, como pode ser visto nos prints Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Espírito Santo foi procurada para confirmar o registro das denúncias, mas não retornou com nota até o fechamento da matéria.

Curtir isso:

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree