-->

Entre testes e isolamentos, Vitória e Real Noroeste seguem disputando a Série D

23 Setembro 2020

Dois times capixabas – Vitória e Real Noroeste – entram em campo neste sábado (23) pela fase de grupos da Série D do Brasileirão. No entanto, além do resultado dos jogos,

há outra preocupação entre torcedores e a comissão técnica das duas equipes: com a pandemia do novo coronavírus, testes semanais e desfalques pela contaminação fazem parte da nova rotina dos clubes.

(Foto: Vitor Nicchio/Vitória F.C)

Com três jogadores afastados, além da Dra. Rafaela, médica do Vitória, o Alvianil estreou na competição com uma derrota após campanha invicta no Capixabão, antes da pausa. Os desfalques influenciaram diretamente no desempenho da equipe, contou o presidente do clube, Ademar Rocha.

“Fisicamente os atletas estão muito bem, fizemos uma pré-temporada e estamos treinando há mais de 40 dias. A pandemia teve influência direta, jogamos com um time completamente diferente do que jogamos no Capixabão, inclusive, com um estilo de jogo que não costumamos a jogar, com três zagueiros”pontuou.

Para a partida de sábado, o clube já fez testes na terça feira (22) e aguardam os resultados, mas o presidente garantiu que Maicon já foi liberado para entrar em campo e Jeferson está em processo de liberação; Baiano ainda está em isolamento, sob os cuidados do departamento médico do time da Capital.

Já Real Noroeste, não teve casos de contaminação pelo vírus, os resultados dos testes para o jogo do sábado chegaram nesta quarta feira, 23. O time do interior não parou as atividades durante a pausa dos outros clubes e jogadores e comissão técnica ficaram concentrados no Centro de Treinamento do Estádio José Olímpio da Rocha.

O auxiliar técnico do Real Noroeste, Fabão, explicou que no início da pandemia, todo o clube foi reunido e assinaram um termo de que ficariam isolados e assim conseguiram conter a contaminação, mas não deixaram de cumprir os protocolos. Mas, se caso acontecer, eles já prepararam uma estrutura para isolamento.

“Temos um quarto para o isolamento de atletas. Quando algum atleta que não estava no CT, chega, ele se isola e só sai quando temos o resultado do teste. Se alguém testar positivo, ele ficará cumprindo sua quarentena lá.

Também temos feito um trabalho para que o desfalque não seja sentido. Todos os 34 atletas treinam igualmente. Nossas contratações e nosso trabalho são calculados”, explicou.

O Real Noroeste vai até Mato Grosso do Sul enfrentar o Águia Negra, no Ninho d’Águia, às 17h, e fica até a próxima semana, quando viaja para Mato Grosso, para buscar a vitória contra o Operário (VG).

Já o Vitória receberá o Aparecidense no Salvador Costa, às 15h, e entrará em campo buscando os três pontos para ficar bem na tabela. “Jogo em casa não se admite outra coisa que não seja a vitória. Se perder em casa é jogar a toalha na competição. Nem o empate é aceitável”, disse Rocha.

Texto: Maeli Rhayra
Edição: Carolina Boueri

Curtir isso:

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree