-->

Goiânia e Aparecida lutam para zerar déficit de vagas na Educação Infantil

07 Dezembro 2019

Em 2019, prefeitura de Goiânia ampliou em mais de duas mil vagas o atendimento às crianças nos Cmeis

Prefeito Iris na inauguração de salas modulares | Foto: Lívia Barbosa/Jornal Opção

A Prefeitura de Goiânia acumulou um enorme déficit na Educação Infantil nos últimos anos, mas a situação parece estar perto de uma solução. Somente em 2019, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) ampliou em mais de duas mil vagas o atendimento à Educação Infantil. “O trabalho e os investimentos da Prefeitura de Goiânia em Educação não param”, destacou o prefeito Iris Rezende (MDB), ao enfatizar que novos Cmeis entregues no próximo ano irão reduzir as filas de espera em diversas regiões.

Com a inauguração das 11 obras de centros municipais de Educação Infantil (Cmei) que estavam paralisadas e estão sendo retomadas, a previsão é de oferta de mais duas mil vagas. Além delas, há o planejamento para instalação de mais cem salas modulares e construção de mais 25 novos Cmeis, já autorizados pelo prefeito Iris Rezende (MDB). Ao todo, serão mais seis mil vagas à disposição da população.

Em 2018, o déficit era de 9 mil vagas. Em 2019, esse número fechou em cerca de 6 mil. Vale ressaltar que essa lista pode não corresponder totalmente à realidade, já que a obrigatoriedade do cadastro com o CPF da própria criança só foi instituída para as matrículas de 2020. Sem a obrigatoriedade do mesmo, era possível fazer mais de um cadastro para cada criança, o que distorcia o número real da fila de espera na rede.

Em Aparecida

Foto: Reprodução

Segundo a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, a fila de espera de crianças de 4 e 5 anos da educação infantil com os agrupamentos IV e V nas escolas foi zerada e a Secretaria de Educação trabalha para atender às que têm de seis meses a três anos.

De acordo com a Central de Matrículas serão ofertadas 2.693 vagas na Educação Infantil (seis meses a 5 anos e 3 meses), 6.638 vagas no Ensino Fundamental (1° ao 5° ano), 686 vagas no Ensino Fundamental (6° ao 9° ano), e 420 vagas para as Escolas Municipais de Educação Integral.

“O prefeito Gustavo Mendanha já assinou, no mês de novembro, termos de cooperação, colaboração e comodato com 20 instituições filantrópicas e privadas, para abertura de novas vagas na nossa rede neste próximo ano”, explicou a secretária Valéria Pettersen.

O Censo Escolar de Aparecida revela que há hoje, em toda a rede municipal, 44 mil alunos matriculados. Esses estudantes estão distribuídos em 58 escolas, 31 Cmeis e 5 Emeis. A pasta possui por volta de 4,8 mil servidores entre professores e servidores administrativos.


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 220 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree