-->

Zacharias Calil vai pedir retirada de PL que desobriga cotas para PcD

08 Dezembro 2019

Deputado confirmou que o ministro Paulo Guedes vai à Comissão de Seguridade Social e Família para prestar esclarecimentos

Para Zacharias Calil, é importante garantir o direito já conquistado pelas pessoas

com necessidades especiais

O deputado federal Dr. Zacharias Calil afirmou na última semana, durante reunião da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, da Câmara dos Deputados, que vai pedir ao ministro da Economia a retirada do Projeto de Lei que torna não obrigatório a reserva por parte das empresas de vagas para pessoas com deficiência (PCD).

Segundo Zacharias Calil, Paulo Guedes não compareceu à Comissão de Seguridade Social e Família para prestar esclarecimentos quando foi convidado. Diante disso, os parlamentares aprovaram uma convocação. “O ministro vai comparecer, talvez, na próxima semana e vamos questioná-lo sobre essa retirada das cotas, que tanto vai prejudicar as pessoas”, adiantou na ocasião.

Além disso, para o deputado, que também é médico, é importante garantir o direito já conquistado pelas pessoas com necessidades especiais. “Houve um movimento muito grande por parte da sociedade e nós vamos pedir algumas explicações, porque é inadmissível que a gente ainda retire os direitos, principalmente com tanto sofrimento que essas pessoas têm”, enfatizou.

O governo de Jair Bolsonaro havia enviado à Câmara dos Deputados o PL que desobriga empresas de adotarem uma política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas.

O PL  já foi alvo de severas críticas do Ministério Público do Trabalho (MPT), que emitiu parecer contrário à proposta.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree